Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Notícias mais lidas em 2016

Secretário de Cultura de São Leopoldo é preso em Porto Alegre

Paulo Marcelo Schauer foi detido na BR-116 pela PRF. Contra ele havia mandado de prisão expedido pela vara de execuções penais do Distrito Federal
Divulgação/PMSL
Paulo Marcelo Schauer foi detido na BR-116 pela PRF.
O secretário de Cultura e Turismo de São Leopoldo, Paulo Marcelo Schauer, foi preso na tarde de sábado (18) em Porto Alegre. Ele foi detido por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na altura do quilômetro 3 da BR-116 no bairro Anchieta, em Porto Alegre. Segundo a ocorrência policial, registrada na 3a Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (3a DPPA) da capital, a prisão ocorreu após os agentes consultarem a placa do carro onde estava o secretário, um Gol preto, com placas de São Leopoldo e verificarem que contra o proprietário do veículo havia um mandado de prisão.
O mandado, expedido pela vara de execuções penais do Distrito Federal, tem validade até dezembro de 2023 e diz respeito a crime contra a ordem tributária. Após os trâmites legais Schauer foi encaminhado ao Instituto Penal de Charqueadas. Em nota, o advogado contratado pelo secretário para cuidar do caso, Daniel Kessler, disse que deverá analisar a partir de segunda-feira (20) uma forma alternativa para o cumprimento da pena, estipulada em três anos, sete meses e 10 dias.
“Como se trata de pena que pode ser cumprida em regime aberto, vamos atuar em conjunto com o advogado Antônio Alberto Cerqueira, de Brasília, para buscar uma forma alternativa para o cumprimento. É de conhecimento que neste caso não cabe recurso, uma vez que o processo é transitado em julgado, porém podemos discutir as formas de execução da pena, que poderá se dar na forma domiciliar ou em outra modalidade. Todo o processo, que se refere ao ano de 2005, estava sendo acompanhado pelo advogado de Brasília, mas meu cliente não foi informado da decisão de transitado em julgado. Maiores informações somente poderão ser fornecidas a partir de segunda-feira, quando entraremos em contato com os órgãos competentes para ter acesso aos processos, pois não há plantão nos finais de semana que nos possibilitem, neste momento, agilizar qualquer ação a favor do meu cliente”,diz kessler.
Por meio da Assessoria de Imprensa da Prefeitura, a prefeita em exercício de São Leopoldo, Ângela Molin disse que “diante dos fatos e sob a premissa que todas as pessoas têm direito à defesa, a prefeitura de São Leopoldo vai primeiro se inteirar dos fatos e aguardar para saber do que se trata o processo envolvendo o secretário de Cultura, Paulo Marcelo. Nenhuma medida será adotada sem o real conhecimento do que aconteceu. O prefeito Aníbal Moacir, que retornou da Alemanha nesta madrugada já foi comunicado sobre o acontecido”, informa o texto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS