Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
São Leopoldo

Prefeitura pede e Justiça determina saída de famílias

Invasores alegam que não foram notificados
Diego da Rosa/GES
Feitoria: ocupação ocorre em área que seria destinada a projetos para famílias da margem do Arroio Kruse
A Justiça concedeu um mandado de reintegração de posse (liminar) em uma área da Prefeitura de São Leopoldo, no bairro Feitoria, que foi invadida por dezenas de famílias no final do ano passado e início de janeiro. Conforme a procuradora-geral do Município, Angelita Belleza, o pedido de reintegração foi realizado no dia 5 de janeiro e deferido pela Justiça no última terça-feira, dia 10. “Após as famílias serem notificadas pelo oficial de Justiça, terão cinco dias corridos para deixar o local”, explicou a procuradora, ressaltando que durante a execução da ordem de despejo os invasores terão que desmontar as habitações por conta própria deixando limpo o local.
As famílias que estão no local alegam não ter para onde ir. “Tem muita gente aqui. Esta área está abandonada há anos. Nunca construíram nada neste terreno”, disse uma das ocupantes, que preferiu não se identificar. Outro invasor do local informou que até ontem à tarde as famílias não foram notificadas. “Estamos com um advogado cuidando do assunto, mas não podemos passar o contato dele”, disse o homem, também sem se identificar.
PROJETOS
O terreno, de aproximadamente 30 mil metros quadrados, fica localizado na avenida Feitoria, próximo ao um condomínio residencial, na altura do número 3635. Conforme o secretário de Habitação, Nelson Spolaor, foi pedida a reintegração de posse porque é uma área que não pode ser ocupada pois existem outros projetos de ampliações, como, por exemplo, a construção de futuras residências para famílias que viviam indevidamente às margens do Arroio Kruse.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS