Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Tricolor

Cautela gremista para evitar o desgaste

Sequência de jogos preocupa mas não atrapalha o Tricolor nos seus objetivos

Lucas Uebel/Grêmio
Titulares apenas correram no gramado do CT Luiz Carvalho nesta terça-feira
A intensa sequência de jogos, intercalados entre Gauchão e Libertadores trazem preocupação para a comissão técnica gremista. Com pouco tempo para treinar, por conta da recuperação e preservação dos atletas após os jogos, o técnico Renato Portaluppi não deve hesitar, e o Tricolor deverá ter força máxima em Assunção, no Paraguai, onde enfrenta o Guaraní nesta quinta, pela competição continental.

 

Na tarde desta terça-feira, os titulares apenas correram no gramado do CT Luiz Carvalho, e o técnico gremista despistou sobre uma provável equipe para enfrentar os paraguaios. “Temos 30 jogadores. Estão viajando 27. Só o Dida, o Beto e o Léo, que estão machucados, vão permanecer. Independentemente de quem jogar, o jogador tem que estar preparado”, garantiu Portaluppi. A tendência é que o Grêmio tenha a seguinte formação: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Léo Moura, Luan e Pedro Rocha; Miller Bolaños.

ALERTA LIGADO

Apesar dos 100% nos dois jogos pela Libertadores, o Grêmio não deve ter facilidades diante do Guaraní. Portaluppi alertou o grupo de que a tendência é de um jogo complicado em solo paraguaio. “A gente sabe o quanto é difícil jogar no Paraguai. Facilidade não vamos encontrar. Não dá para dar mole. Libertadores tem que estar ligado porque eles não se entregam nunca. Tem que ter atenção nos 90 minutos.”

Azuis

Kannemann garantiu que o Grêmio está totalmente focado no jogo da Libertadores, para só depois pensar no confronto diante do Novo Hamburgo, no próximo domingo.

“Pode ser (a semana mais decisiva), porque Guaraní e Grêmio são os dois líderes do grupo e temos um jogo com o Novo Hamburgo decisivo, que dá um passo para a final. Estamos indo jogo a jogo, primeiro vamos pensar no Guaraní e depois vamos pensar no Novo Hamburgo”, comentou o zagueiro.

Depois do jogo desta quinta, o Tricolor terá pouco tempo para se preparar para o embate diante do Noia. Mesmo assim, a tendência é de força máxima contra o time do Vale do Sinos. No primeiro jogo, na Arena, o duelo terminou empatado em 1 a 1.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS