Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Gauchão

Inter vence o Caxias, mas leva vantagem perigosa para a Serra

Colorado fez placar magro de 1 a 0 na primeira partida da semifinal

Ricardo Duarte/Inter
Dourado comemora o único gol da partida
Na noite deste sábado, no Beira-Rio, a atuação do Inter passou longe daquela da última quarta-feira contra o Corinthians, pela Copa do Brasil. A vitória contra o Caxias veio, mas junto dela, a preocupação. No próximo domingo, o Colorado deverá enfrentar uma fumaceira no estádio Centenário, na Serra gaúcha, quando a vantagem de ter vencido por 1 a 0, poderá ser perigosa na busca pela vaga na final do Campeonato Gaúcho. Isso porque, o time comandado por Antônio Carlos Zago teve muitas dificuldades na primeira partida da semifinal. Teve um primeiro tempo que iniciou em uma pressão absurda, até o gol de Rodrigo Dourado, e depois “amorcegou”, chamando a equipe Grená para cima. O gol de empate não veio por detalhe e preocupou o torcedor vermelho para o próximo duelo decisivo. 

Os minutos iniciais do Inter na partida foram arrasadores. Pressão atrás de pressão e um Caxias nervoso tentando suportar o ímpeto do ataque colorado. Depois de 18 minutos de tentativas, o gol chegou. D’Alessandro cruzou para área, Nico López tentou, Pitol deu um tapa na bola e na sobra, Rodrigo Dourado acertou a bomba. O gol parecia que abriria a porteira dos grenás para que o Inter ampliasse o marcador. Mas não foi isso o que aconteceu.

Perdeu o gás

O início do segundo tempo teve um Inter buscando ampliar o marcador, em oportunidades com Brenner e Roberson. Porém, aos 21min, William cometeu falta e tomou o segundo amarelo, que resultou na expulsão do lateral direito. O Caxias foi pra cima e criou boas chances de gol com Gilmar, que atacava com muita força nas bolas aéreas. Aos 31min ele até balançou as redes do gol colorado, mas foi anulado pois estava em posição irregular. Daí em diante as duas equipes travaram boas disputas no meio-campo, mas o placar permaneceu inalterado. Vitória colorada e vantagem para o duelo do próximo domingo. Porém, precisa melhorar...

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Uendel (Anselmo), D'Alessandro (Alemão), Roberto e Nico López (Valdívia); Brenner Técnico: Antonio Carlos Zago CAXIAS: Marcelo Pitol; Gi... - Veja mais em

CAXIAS: Marcelo Pitol; Gian, Geninho, Edson Borges e Márcio Goiano (Laércio); Marabá, Elyeser, Júlio César (Kanu), Wagner e Reis; Gilmar (Nicolas) Técnico: Luiz Carlos Winck.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS