Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE

Papa vai canonizar as crianças pastoras de Fátima em 13 de maio

Apenas uma das crianças chegou à idade adulta, e morreu em 2005

AFP
O Papa Francisco se tornou neste domingo o primeiro pontífice a visitar uma igreja anglicana em Roma
O papa Francisco anunciou, nesta quinta-feira (20), que canonizará em 13 de maio duas das três crianças pastoras de Fátima (Portugal) que afirmaram ter presenciado aparições da Virgem em 1917, um "milagre" reconhecido pela Igreja Católica.

A canonização de Jacinta e Francisco Martos marcará o centenário da "aparição". O papa Francisco viajará nos dias 12 e 13 de maio a Fátima para a cerimônia de canonização.

O pontífice aprovou em março um decreto da Congregação para a Causa dos Santos relativo ao "milagre atribuído à intercessão do Beato Francisco Marto, nascido em 11 de junho de 1908 e falecido em 4 de abril de 1919, e da Beata Jacinta Marto, nascida em 11 de março de 1910 e falecida em 20 de fevereiro de 1920".

Em 13 de maio, os católicos celebram a primeira aparição em 1917 da Virgem para três crianças, Jacinta, Francisco e Lúcia, na cidade de Fátima, a 100 km de Lisboa.

De acordo com a tradição católica, a Virgem apareceu outras cinco vezes ao longo de 1917 e durante as aparições fez várias profecias, recomendações e entregou três mensagens, conhecidas como "os três segredos de Fátima".

A freira Lúcia, a única que sobreviveu das três crianças pastoras e que faleceu em 2005, poucos meses antes do papa João Paulo II, revelou há algumas décadas os dois primeiros segredos. O primeiro era uma visão do inferno e o segundo falava de uma guerra pior que as já registradas até então.

O texto do terceiro mistério permaneceu em segredo por muitos anos e foi revelado apenas no ano 2000, justamente em Fátima.

De acordo com o Vaticano se referia ao atentado sofrido por João Paulo II em 13 de maio de 1981 na Praça de São Pedro, no 64° aniversário da primeira aparição de Fátima, e à luta entre o comunismo ateu e a Igreja no século XX.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS