Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Na Justiça

Xuxa perde ação contra o Google por caso de filme erótico

Apresentadora quer que a empresa remova buscas em seu nome relacionadas à pedofilia

Globo/Aline Massuca
Xuxa atualmente atua na Rede Record
O pesadelo de Xuxa Meneghel envolvendo o filme Amor, estranho amor continua. Dessa vez, a 19ª Câmara Cível negou o pedido feito pela apresentadora para que o Google remova buscas em que seu nome seja relacionado ao crime de pedofilia. No filme, Xuxa, com menos de 20 anos, aparece em cena erótica com um garoto de 12 anos. 

Na decisão, publicada na última terça-feira (2) e tomada em segunda instância, a  desembargadora relatora Valeria Dacheux Nascimento afirma que "por unanimidade, após rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos do voto".

A ação movida por Xuxa contra o Google tramita desde 2010. Em 2013, ela venceu na Justiça a Cinearte Produções e impediu que a distribuidora relançasse Amor, Estranho Amor.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS