Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Série B

Hora de melhorar o retrospecto no Beira-Rio

Com 40% de aproveitamento em casa, Inter precisa da vitória contra o Criciúma neste sábado para entrar no G4

Ricardo Duarte/Inter
Guto Ferreira montou o time no esquema 4-4-2 para pegar o Criciúma
Os colorados não imaginavam que a temporada seria tão complicada como está sendo. A disputa da Série B do Campeonato Brasileiro sempre foi tratada como o alvo do Inter para voltar à primeira divisão em 2018, mas o problema é que o clube está deixando a desejar na competição, principalmente nos jogos no Beira-Rio. Em 11 rodadas disputadas, cinco partidas foram em Porto Alegre, e é no retrospecto em casa que o Inter vem “apanhando”. Foram três empates, uma derrota e apenas uma vitória, esta contra o lanterna Náutico, num aproveitamento de 40% como mandante. Na temporada, que engloba quatro competições – Gauchão, Copa do Brasil, Série B e Primeira Liga –, foram 18 jogos na capital, com aproveitamento total de 66,6%, sendo dez vitórias, seis empates e duas derrotas.

Para tentar melhorar o desempenho na Série B e voltar ao G4, o Inter recebe o Criciúma, neste sábado, às 16h30, no Beira-Rio, pela 12ª rodada. O time alvi-rubro, que lançou nesta semana o novo uniforme, entra em campo pressionado para conquistar os três pontos. E para isso, o técnico Guto Ferreira manda a equipe num novo esquema e com retornos importantes de Edenílson, Pottker e Nico López. “É uma situação difícil, porque não é só situação do momento. Carrega uma carga do ano passado também. O jogador sente essa impaciência e quer resolver para não ser questionado”, afirmou Guto Ferreira, que não vê o seu cargo ameaçado para a sequência da temporada.

Vermelha

O meia Emmanuel Reynoso, do Talleres-ARG, foi sondado pelo Inter por indicação do ex-colorado Guiñazu. Porém, o valor assustou: 6,5 milhões de euros.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS