Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Operação

PF investiga fraude na exportação de produtos agrícolas em Canoas e outras 5 cidades

Máquinas e implementos eram supostamente trazidos da Venezuela; dinheiro circulava por diversas contas até ser mandado para paraísos fiscais

Receita Federal/Receita Federal/Divulgação
Operação Conexão Venezuela cumpriu mandados no RS e SP
Fraudes na exportação de máquinas e implementos agrícolas entre Brasil e Venezuela são alvo da Polícia Federal, Receita Federal e Ministério Público Federal na manhã desta segunda-feira (11) no Rio Grande do Sul e São Paulo. A investigação teve início depois que a Receita Federal identificou transações financeiras atípicas entre os dois países. Dinheiro, que circulava por diversas contas até ser depositado em paraísos fiscais, também veio de estatal venezuelana, de acordo com a investigação. 

A Operação Conexão Venezuela, que apurar a prática de lavagem de dinheiro e organização criminosa, cumpre mandados de busca e apreensão em Porto Alegre (4), Canoas (1), Passo Fundo (4), Erechim (2), na capital de São Paulo (2) e também em Americana (1). Além disso, 6 pessoas são alvos de condução coercitiva.

Investigação

Empresas da Venezuela (dentre elas, uma estatal), remeteram vultosos valores ao Brasil para a compra dos equipamentos agrícolas. Parte considerável desse montante, porém, não foi destinada aos fabricantes e fornecedores, tendo circulado em contas bancárias diversas e, ao final, enviada ao exterior. Algumas dessas transferências financeiras tiveram como beneficiárias pessoas jurídicas sediadas em paraísos fiscais.

Parte dos recursos da estatal venezuelana para o Brasil seria fruto de crime. Apenas no período de 2010 a 2014, os valores movimentados pela organização teriam ultrapassado os 200 milhões de reais.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS