Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Policiamento 24 horas

Brigada Militar reativa base na Feitoria

Rocam ocupa prédio que esteve desativado quase um ano

Diego da Rosa/Diego da Rosa/GES
Em atividade: posto funciona 24 horas desde o final da semana passada
Com uma população que se equipara ao porte de municípios, moradores do bairro Feitoria têm entre suas principais preocupações a segurança. O desejo da comunidade foi edificado desde a década de 1990, através do posto da 3ª CIA do 25º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Mas desde o último ano, o local esteve desativado. A justificativa era a falta de efetivo para manter a estrutura aberta 24 horas. Entretanto, ao assumir o comando do 25º BPM, o tenente-coronel Daniel Schultz Coelho começou a projetar a reabertura da unidade.
 Enquanto a equipe da Brigada Militar fazia planos e cálculos para dar andamento ao projeto de reabrir o posto na Feitoria, moradores também se manifestaram pedindo a reabertura. Representantes da comunidade chegaram a ter encontros com a Brigada para pedir a reabertura do espaço. De acordo com o capitão Francisco da Cruz Cauduro, ao longo do tempo, outras melhorias devem ser concretizadas. “Conseguimos o apoio do Sindimetal, que nos deu acesso a engenheiros que estão elaborando o projeto para reforma do piso superior.” Depois do término desse projeto, diz Cauduro, a BM vai buscar meios para viabilizar a obra.

Proposta é se aproximar da comunidade

Nos primeiros dias de funcionamento, os sargentos Paulo Roberto Fão e Leoni Luscas de Aguiar contam que a presença da BM já percebida. “Com o funcionamento 24 horas, nós conseguimos perceber a rotina do bairro; às 4h30, tem pessoas que esperam o ônibus na parada em frente, então com o posto aberto já dá uma sensação maior de segurança”, conta Aguiar, que além atuar agora na base da Feitoria, é morador do bairro desde que nasceu. Fão também “se sente em casa” atuando na base, já que mora na Feitoria há 35 anos. “Além de conhecer o bairro, é uma aproximação maior”, diz.


Base operacional

“A ocupação do prédio da Feitoria passa a receber o mesmo modelo implantado no bairro Scharlau, onde o Pelotão de Operações Especiais (POE) tem base na então 2ºCIA”, salienta tenente-coronel Daniel Schultz Coelho. Para o comandante, a descentralização acarreta numa melhor estrutura de trabalho aos policiais da Rocam. A reativação do posto da BM, agora base operacional das rondas motorizadas, foi possível graças ao reforço dos novos policiais, assim como o retorno de policiais que estavam na reserva.


Detalhes

  • As emergências para atendimento de ocorrências e o despacho das viaturas permanecerá sendo realizada pela Sala de Operações, através do telefone 190.
  • Não haverá atendimento externo a comunidade no local, sendo a estrutura predial utilizada exclusivamente como base operacional.
  • O registro de ocorrências segue sendo atendido na sede do 25o BPM, no Centro, e na Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS