Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
São Leopoldo

Amigas voluntárias: a alegria em se doar pelo outro

Grupo de amigas se reúne semanalmente para confeccionar roupas e cobertas para doação
12/10/2017 11:16 12/10/2017 11:18

Diego da Rosa/GES
Grupo de amigas se reúne semanalmente para confeccionar roupas e cobertas para doação
Há oito anos, uma vez por semana, 12 amigas se reúnem para conversar, se divertir, costurar e fazer o bem. O grupo, formado por moradoras do bairro Fião, tem como ponto de encontro a garagem da casa das irmãs Vani Lúcia Baldo, 71 e Ivonne Sefrin da Silva, 79, na Rua Emílio Boeckel. Lá, elas reaproveitam malhas, lãs e tecidos ganhos para confeccionarem cobertas e roupas que depois de prontas aquecerão famílias carentes do Município. Algumas peças, mais elaboradas, acabam sendo vendidas e o dinheiro conquistado com elas revertido para a compra de materiais e no conserto de máquinas usadas pelo grupo. Apesar do ambiente informal, as costureiras trabalham de maneira organizada, cada uma com determinada função.

Há tempo para discussão sobre o modelo das novas peças e também para um lanchinho. Elas estimam que até agora mais de 120 cobertas, colchas e blusões e incontáveis meias de bebês foram doadas. “É só sabermos que existe alguma família precisando que damos um jeito de ajudar da nossa forma”, comenta Vani, que mostra numa pasta fotos de moradores de uma casa incendiada, retratados em matéria do Jornal VS e que foram uns dos beneficiários da bondade das amigas. Conforme ela, a ajuda também se faz de outras formas.

“Ás vezes compramos fraldas ou cestas básicas. Dependendo da necessidade nos mobilizamos para auxiliar”, diz. Como o grupo trabalha a partir de doações, tecidos, malhas, linhas e lãs são sempre necessários. Interessado em ajudar as amigas ou confeccionar peças para repassar ao grupo podem entrar em contato com Vani pelo telefone 3592.4350.

Terapia de toda a terça-feira

O dia escolhido para o encontro das amigas é a terça-feira. “Neste dia da semana ninguém marca compromisso nenhum, nem mesmo médico, porque o nosso maior compromisso é o grupo”, diverte-se a aposentada Vera Lúcia Preussler, 66 anos. Ela conta que tudo o que sabe sobre costura aprendeu com as amigas. Vera participa da iniciativa há cinco anos, é a novata entre as 12. Se juntou às demais a convite da cunhada, Dolores Maria da Silva, 68. “Nos conhecemos todas da vizinhança e da igreja também. Isso para nós é uma terapia, algo que vicia mesmo, além de ser muito prazeroso o fato de sabermos que estamos fazendo o bem a alguém”, opina Dolores.

Outra participante é a aposentada Haidee Helena Seferin, 82 anos. Irmã das anfitriãs do encontro semanal, ela não se importa de ter de pegar dois ônibus para ir de casa, no bairro Rio Branco, até o Fião. “Não abro mão de jeito nenhum. Nunca falhei um dia sequer”, orgulha-se.

Mais de 1,5 mil voluntários mobilizados em 12 anos 

Além do grupo de amigas e de tantos outros leopoldenses que se doam em prol dos demais de forma anônima e em suas próprias comunidades, outros atuam de maneira organizada, integrando a Parceiros Voluntários. A unidade, em 12 anos de atuação no Município já mobilizou mais de 1,5 mil voluntários e conta com 22 organizações sociais cadastradas. De acordo com a coordenadora da PV de São Leopoldo, Caroline Forte, somente neste ano foram 85 novos voluntários cadastrados.

Para se tornar um voluntário, conforme Caroline, é necessário primeiro, participar de uma reunião de conscientização (RC). A RC acontece uma vez por mês, nas terças-feiras, às 18h30. A próxima será dia 7 de novembro, na sede da Parceiros Voluntários São Leopoldo, na Rua Lindolfo Collor, 439, 5º andar, Centro. É necessário confirmar presença pelo telefone 3037.6065 ou pelo e-mail parceirosvoluntarios@acistsl.com.br.

Onde atuar voluntariamente 

Nas reuniões de conscientização são tratados temas como as responsabilidades, direitos e deveres dos voluntários, de que forma o interessado pode auxiliar as organizações cadastradas na unidade da Parceiros Voluntários e as possibilidades de voluntariado no Município. Dentre as instituições com vagas em aberto na cidade estão a Associação Leopoldense de Deficientes (ALDEF), a Associação de Lúpus e Outras Doenças Reumáticas do Vale do Sinos (Alureu), o Instituto Humanitas Talitha Kum e o Instituto Lenon Joel pela Paz. A lista completa com o contato das instituições pode ser conferida no site 



Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS