Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Copinha 2018

Para a história: Aimoré empata em 1 a 1 com o Flamengo e segue vivo na Copinha

Clube capilé precisa vencer o Ji-Paraná na próxima rodada para passar de fase
06/01/2018 21:08 06/01/2018 21:08

O torcedor capilé precisará de alguns dias para digerir o tamanho do feito realizado pelos meninos capilés na 49ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, em Barueri. Pela segunda rodada da competição, os guris não se deixaram intimidar pela grandeza do Flamengo, clube de maior torcida do país, que busca o tetracampeonato da competição, e saíram de campo comemorando um empate em 1 a 1.

Flamengo/Staff Imagens
Aimoré e Flamengo ficaram no 1 a 1 pela Copinha

O resultado mantém as chances de classificação do Aimoré, que precisa vencer o já eliminado Ji-Paraná, na última rodada, e torcer para que o Flamengo supere os anfitriões do Oeste, que hoje ocupam a segunda posição do grupo, com os mesmos quatro pontos do Flamengo.

Índio mostrou iniciativa

Ao contrário do que o técnico Luiz Felipe sugeriu em entrevista à SporTV antes do início da partida, o Aimoré não entrou em campo esperando o gigante carioca. Nos primeiros quinze minutos de partida, o domínio foi capilé, que marcou no campo ofensivo, teve três escanteios e quase abriu o placar com Darlan, de cabeça, depois de cobrança de escanteio.

Sem conseguir dominar o meio de campo, o Flamengo chegava até a meta defendida por Otávio com chutes de fora da área. A partir dos vinte minutos, no entanto, o Aimoré diminuiu o ímpeto inicial e o Flamengo cresceu na partida, impondo o próprio ritmo de jogo e controlando a partida. O gol flamenguista surgiu aos 26 minutos, em um lance individual pelo lado direito da defesa capilé. Depois de falha do zagueiro Raphael, o Flamengo trocou passes dentro da área e Luiz Henrique apareceu sozinho na frente de Otávio. Ele bateu de primeira, por cima do goleiro capilé, que nada pôde fazer. Depois do gol, os cariocas quase ampliaram duas vezes, obrigando Otávio a fazer boas intervenções.

No segundo tempo, o Aimoré conseguiu equilibrar as ações, e quase chegou ao empate com . Aos 17, o Flamengo quase ampliou com Lucas Silva, que furou em bola dentro da pequena área. Aos 20, ele aplicou uma meia-lua em Dudu, invadiu a área e bateu forte. O chute passou muito perto da trave capilé.

Em seguida, aos 21, Dudu cobrou a lateral, Rhainer conseguiu desviar e Dutra apareceu para bater forte, de canhota, sem chances para o goleiro Hugo Souza. O meia recém havia entrado em campo quando marcou o gol.

O gol assustou a equipe flamenguista, que estava confortável em campo. Animado com a perspectiva de vencer a partida, o Aimoré continuou criando oportunidades, enquanto o Flamengo chegava em lances de velocidade pelas laterais. Aos 35, depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para Darlan, na linha da pequena área. O zagueiro capilé não percebeu que tinha espaço para finalizar e acabou batendo fraca, nas mãos do goleiro Hugo Souza. No fim da partida, o Aimoré cansou e o Flamengo tentou fazer prevalecer a força ofensiva. Foram pelo menos três chances criadas, mas os cariocas não conseguiram superar o goleiro Otávio, que teve grande atuação.

Vencer para classificar

Na preliminar da partida entre Aimoré e Flamengo, os outros dois integrantes do Grupo 21, Oeste e Ji-Paraná, se enfrentaram na Arena Barueri. O Oeste, que empatou com o Aimoré em 2 a 2 na estreia, superou a equipe de Rondônia por 1 a 0 e chegou a quatro pontos. O Flamengo continua líder, com os mesmos quatro pontos, mas saldo superior, já que goleou o Ji-Paraná por 6 a 0 na estreia. Com dois pontos, o Aimoré ocupa a terceira posição do grupo. O Ji-Paraná não pontuou e está eliminado.

Para se classificar, o Aimoré precisa vencer o Ji-Paraná, que apenas cumpre tabela, na terceira rodada, terça, 9, às 17h15. Além disso, o Aimoré precisa torcer para uma vitória flamenguista diante do Oeste, jogo que acontece depois da partida capilé. Se Oeste e Flamengo empatarem, ambos ficam com 5 pontos, os mesmos que o Aimoré alcançará se vencer o Ji-Paraná. Nesse caso, a vaga será decidida nos critérios de desempate. Nesse caso, o saldo de gols do Flamengo dá vantagem aos cariocas. O Aimoré precisaria vencer por pelo menos dois gols de diferença para garantir a classificação.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS