Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Descarte irregular

Pneu jogado no arroio João Corrêa danifica sistema de drenagem na casa de bombas

Semae retirou dez toneladas de entulhos das casas de bombas em São Leopoldo
08/01/2018 20:20 08/01/2018 20:21

Diego da Rosa/GES
Peça conhecida como crivo foi danificada pelos entulhos
Mais de 20 pneus foram retirados da casas de bombas da Avenida João Corrêa no último fim de semana. O resultado desse descarte irregular de resíduos são os alagamentos na cidade, uma vez que a casa de bombas não dá vazão por conta dos entulhos. Técnicos e operadores das bombas do Serviço Municipal de Água e Esgotos (Semae) fizeram a retirada dos pneus.
Depois do serviço no fim de semana, ontem, a equipe voltou ao local. Acompanhado pelo engenheiro civil e diretor de Manutenção de Esgotos do Semae, Ronan Teodoro de Jesus, o operador de bombas Éder dos Santos mostrou o estrago causado por um pneu que passou pelas grades de proteção, empurrado por outros entulhos, pela força da corrente e pela sucção.
“Alguns entulhos são da natureza, galhos, troncos, mas outros não. Esse pneu e vários outros que retiramos não atingiu a bomba. Mas um deles atingiu o crivo (peça submersa da bomba). Ficou preso, mas como a potência é grande, o crivo ficou destruído”, explica Santos. Conforme o diretor da autarquia, Nestor Schwertner, somente nas duas últimas semanas foram retirados das casas de bombas aproximadamente dez toneladas de entulhos. “Contamos com um sistema de proteção às bombas. Um deles, que é visível, são as grades, e outros submersos, como os crivos, que protegem motores, rotores e difusores das bombas”, avalia Schwertner.

Causador das cheias

Ontem um sofá podia ser visto dentro do Arroio João Corrêa. Conforme o Semae, lixo doméstico, móveis e pneus fazem parte rotina dos operadores da casa de bombas. Diante dessa situação, a autarquia lembra a população que a água da chuva leva para o local todo o material que é rejeitado nas ruas e nas margens dos córregos e arroios. O lixo, que inclui animais mortos e até móveis, chega às grades de contenção das bombas e tranca a passagem de água, o que pode prejudicar o funcionamento do Sistema de Proteção Contra as Cheias de São Leopoldo. As equipes do Semae trabalham na retirada periódica do lixo das casas de bombas, mas é preciso que haja conscientização de todos para amenizar problemas como alagamentos e enchentes nos períodos de maior volume de chuvas. Denúncias de descarte irregular podem ser feitas através do telefone no 156.



Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS