Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Pré-temporada

Depois de vencer mais um teste para a Divisão de Acesso, Aimoré retorna aos treinos hoje

Índio Capilé superou o Igrejinha em amistoso na manhã de sábado
13/02/2018 10:52 13/02/2018 10:53

Se considerar apenas os resultados dos amistosos contra equipes que disputarão a Divisão de Acesso ao lado do Aimoré, o torcedor capilé tem motivos para estar otimista no retorno do Índio à elite do futebol gaúcho. Na manhã de sábado, o Aimoré venceu o Igrejinha fora de casa por 1 a 0, com gol de Leozinho.

Daniel Stein Rohr/Daniel Stein Rohr/GES-Especial
Diego Carioca (centro) perdeu a posição no time titular, mas entrou no segundo tempo

Antes disso, ainda em janeiro, tinha vencido o Ypiranga de Erechim no Cristo Rei, também por 1 a 0. Ao contrário do Aimoré, os dois adversários não disputaram o Acesso em 2017, e por razões distintas: o clube de Erechim foi rebaixado do Gauchão, enquanto o Igrejinha conquistou o acesso na Segunda Divisão.

Dúvida no ataque

O técnico Arilson Costa aproveitou o amistoso de sábado para encontrar uma alternativa para o ataque, já que Brandão foi emprestado ao São Paulo de Rio Grande, Rhainer voltou ao Serra Macaé e Hyantony está cedido ao Avenida até o fim do Gauchão.

A opção do comandante capilé foi escalar Abu no lugar de Brandão. Quem também voltou ao time titular foi o meia Thiago Corrêa, substituindo Diego Carioca. Apesar das novidades, o Índio teve dificuldades para criar, e chegou ao gol em um contra-ataque no segundo tempo, quando Leozinho aproveitou lançamento de Cleiton.

Avaliação positiva

Arilson aprovou o desempenho do time no duelo contra o Igrejinha e destacou a adaptação do elenco à nova forma de jogar.

“Acredito que foi um teste bom. O Igrejinha é uma equipe do mesmo nível que nós vamos enfrentar na Divisão de Acesso. Nós perdemos a referência, mudamos um pouco a maneira de jogar, mas o Abu entrou muito bem, foi um dos destaques do time. Fiquei muito satisfeito com o desempenho, mas ainda temos que melhorar”, disse o treinador capilé.

Depois do jogo, os atletas ganharam folga para curtir o carnaval. O grupo se reapresenta nesta terça-feira à tarde no Cristo Rei.

Capitão projeta dificuldade

Capitão do Aimoré, Digao, que disputou o Acesso e a Copa Paulo Sant’Ana como titular no ano passado, projetou confrontos semelhantes ao longo das próximas semanas. “O Igrejinha é uma equipe do nível do Acesso, Sabemos que é um campeonato muito disputado, muito aguerrido. Ainda estamos em ritmo de pré-temporada, mas foi um bom teste. Fora de casa a gente vai encontrar jogos difíceis assim”, comentou.

Confronto não teve um clima tão amistoso em Igrejinha

Embora a partida fosse amistosa, os jogadores capilés não deixaram de lado o clima competitivo e brigaram por cada palmo de campo. O duelo também teve bate-boca, entradas ríspidas e até um princípio de confusão. Foi uma espécie de apertivo do que vai ser a acirrada disputa pelas duas vagas do Acesso para a elite do Gauchão em 2019.

Daniel Stein Rohr/GES-Especial
Árbitro precisou pedir calma aos atletas em um princípio de confusão


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS