VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

Blog do Thiago Padilha

Convite do PT divide filiados do PDT

.

Na véspera da reunião da executiva do PDT para avaliar a possibilidade de ingressar no governo Vanazzi, o partido mostra sinais de divisão. De um lado, o grupo liderado pelo presidente do PDT leopoldense, Ary Moura, vê a aproximação com bons olhos. “O município encontra-se num momento de dificuldade, e a gente deve ajudar o prefeito a resolver essa crise que não foi criada por ele”, afirma o vereador. Ele revela que, se o convite for aceito pela executiva e pelo diretório do partido, a sigla será contemplada com “algumas secretarias”.

Sem toma lá, dá cá 

De outro lado, o grupo encabeçado por Ronaldo Teixeira, o Nado, que concorreu com Vanazzi em 2016, se mantém firme na oposição. “Somos oposição com muita convicção. A contribuição que podemos dar é a de mostrar à cidade o caminho que ela deve seguir para reencontrar o seu destino”, afirma Nado nas redes sociais. “Vamos seguir buscando o nosso caminho para ajudar São Leopoldo, rompendo sempre com a visão tradicional do toma-lá, dá cá”, avisa.

PT formaliza convite ao PDT em São Leopoldo

Em reunião no diretório municipal pedetista, o líder do PT, Guilherme Louzada, entregou uma carta ao presidente do PDT, Ary Moura.

Por: Daniel Rohr (interino) 

PT formaliza convite ao PDT 

Rivais durante a campanha política de 2016, PT e PDT, duas grandes forças políticas do Município, dão indícios de aproximação, agora que o mandato do prefeito Ary Vanazzi foi garantido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na sexta-feira (11), o presidente do PT de São Leopoldo, Guilherme Louzada, oficializou o que já era negociado nos bastidores: em reunião no diretório municipal pedetista, o líder do PT entregou uma carta ao presidente do PDT, Ary Moura, convidando o partido a ingressar na Frente Popular. Além de Louzada, representaram o governo o chefe de gabinete de Vanazzi, Ibanês Mariano, e o vereador Dudu Moraes.

“Pelo direito de sonhar” 

Na carta-convite assinada por Louzada, o partido argumenta que o PDT “reúne todos os predicados para contribuir na elaboração política, através de espaços de protagonismo que correspondam o tamanho e a importância do PDT”. A partir da unidade, a intenção é “devolver aos leopoldenses o direito de sonhar”.

Espaços de protagonismo 

Como a coluna antecipou na sexta-feira (11), o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedetec), Olimar Queiroz, deve perder espaço para que o PDT passe a atuar nos chamados “espaços de protagonismo”. O nome mais cotado para assumir a secretaria é Rafa Souza, segundo suplente do partido.

Partido rachado 

Nas redes sociais, o convite realçou as divergências internas do partido. Os aliados de Ronaldo Teixeira, o Nado, alegam que o partido não deve deixar a oposição em troca de cargos. O diretório deve se reunir na terça-feira para avaliar a proposta do PT.

Outro momento 

Louzada afirma que tanto o PT como o PDT vivem situações diferentes em relação ao início do ano, já que os diretórios dos partidos mudaram. “O momento político do país requer essa unidade”, diz.

Gabinete aberto 

A partir das 14 horas desta segunda-feira (14), ocorre mais uma edição do Gabinete Aberto, em Esteio. O prefeito Leonardo Pascoal e o vice-prefeito Jaime da Rosa vão conversar pessoalmente com moradores da cidade na Prefeitura. O atendimento é por ordem de chegada.

PROS em São Leopoldo 

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) de São Leopoldo realizou no sábado a sua convenção, onde apresentou a executiva municipal. O evento contou com a presença do presidente estadual do partido, Wambert Di Lorenzo. Com 172 filiações nos últimos dois meses, a meta do PROS é eleger um deputado estadual em 2018.

Partido NOVO se apresenta nesta segunda 

Nesta segunda-feira (14), às 19h30, ocorre a apresentação institucional do partido NOVO em São Leopoldo, na sede do CDL, localizada na Rua Marquês do Herval, 643. Fundado em 2011 sem envolvimento de políticos, o partido defende a redução do tamanho do estado para diminuir a corrupção, e preza pelo livre mercado. O evento apresenta os ideais do partido à comunidade.

Meta de crescimento 

Com cerca de 40 filiados na região, o partido NOVO quer atingir o número de 90 mantenedores ativos em breve. Como o partido não utiliza o fundo partidário, cada filiado contribui com cerca de R$ 30 mensais para se tornar um apoiador.

Defesa da vereadora Cigana quer desqualificar as testemunhas

Justiça aceitou pedidos sobre benefícios pagos pelo INSS, presença delas na Câmara entre setembro de 2016 e julho deste ano, propriedade de veículos e quebra do sigilo bancário.

O juiz da 51ª zona eleitoral José Antônio Prates Piccoli deferiu nesta segunda-feira todos os pedidos feitos pelo advogado da vereadora Edite Lisboa (PSB), a Cigana, Jader Marques. Na lista de requerimentos, estão informações sobre as testemunhas, como benefícios pagos pelo INSS, presença delas na Câmara entre setembro de 2016 e julho deste ano, propriedade de veículos e quebra do sigilo bancário. Entre as estratégias da defesa, está desqualificar as testemunhas. Sobre o despacho, Marques resumiu: “é um bom sinal”. A próxima audiência sobre o caso está marcada para dia 15 de agosto, às 14 horas, no Fórum de São Leopoldo.

Começa a dança das cadeiras no secretariado de São Leopoldo

Cai Ismael Mendonça, Ronaldo Vieira pede para sair e querem a cabeça de Fábio Bernardo.

Logo depois de ter seu mandato confirmado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prefeito Ary Vanazzi (PT) começou a reformular seu governo.

Ele aceitou o pedido de exoneração feito no dia 20 de julho por Ronaldo Vieira para deixar a Secretaria da Fazenda. "Não teve licença, nem desapego. Teve minha decisão pessoal de deixar o governo. Vou me dedicar ainda mais ao Aimoré e à minha família. Foi uma honra ter contribuído com a administração municipal e, principalmente, com São Leopoldo, num período muito difícil das finanças publicas", ressaltou Viera. No fim da tarde desta quinta-feira, anunciaram o atual secretário-adjunto de Gestão e Governo, Ricardo Fernandes da Luz.

Caiu o secretário de Cultura e Turismo, Ismael Mendonça. “Fui dispensado pelo prefeito, sem saber as razões, também não perguntei”, escreveu ele em rede social. O motivo seria os problemas na São Leopoldo Fest. Assume interinamente Pedro Vasconcellos.

E anda bem requisitada no sétimo andar do Centro Administrativo a cabeça do secretário de Saúde, Fábio Bernardo da Silva. Ele tem incomodado algumas categorias da área por exigir que seja cumprida a carga horária pelos servidores da pasta. A Semsad quer concluir até segunda-feira a fixação da escala de trabalho nas unidades de saúde.

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS