VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

XYZ

Livraria Cultura anuncia compra da Fnac no Brasil

Valores não foram divulgados, mas ideia seria criar sinergia entre as lojas.

Agência Brasil
Valor do negócio entre livrarias não foi divulgado
A Livraria Cultura anunciou nesta terça-feira (19/7) que comprou a rede brasileira da Fnac, livraria francesa presente em sete Estados brasileiros, com um total de 12 lojas. A Cultura possui 18 lojas. Ambas as marcas têm lojas no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

Os valores não foram divulgados. A Cultura informou que adquiriu a totalidade das operações. "A união entre os dois grupos criará valores e sinergias, compartilhando culturas similares e o comprometimento com a promoção da cultura no Brasil", disse nota divulgada pela empresa.

A Fnac havia anunciado no início do ano que estava estudando a reestruturação de suas operações no Brasil. A rede não vinha tendo o mesmo desempenho no País das unidades internacionais.

A polêmica do novo Doctor Who

Anúncio de primeira atriz a assumir o papel do herói do seriado de tevê inglês motivou polêmica.

Divulgação
Jodie Whittaker, na primeira imagem oficial da BBC para o Doctor Who
O XYZ postou que pela primeira vez uma mulher assumirá o papel de Doctor Who, o herói do longevo seriado inglês de ficção científica. Agora, aconteceu uma história curiosa. Embora o anúncio da atriz Jodie Whittaker tenha sido bem recebido pelos fãs, também houve alguns haters na Internet. A gritaria dos machistas foi tanta que até o dicionário se manifestou. Uma postagem bem-humorada no Twitter oficial do Merriam-Webster, o mais popular dicionário de língua inglesa, informou que "Doctor" não tem gênero em inglês. Ou seja, Doctor Who pode ser homem ou mulher.

Aproveite e confira abaixo todos que assumiram o papel nesta série da BBC.

Morreu George Romero, criador dos filmes de zumbi

Cineasta norte-americano tinha 77 anos e morreu neste domingo.

Wikimedia Commons
O diretor norte-americano George A. Romero, que criou o gênero dos filmes de zumbi com A Noite dos Mortos-Vivos, de 1968
Pai dos filmes de mortos-vivos, gênero ainda na moda, morreu o cineasta norte-americano George A. Romero, 77 anos. Ele inventou o gênero dos "filmes de zumbi" com A noite dos mortos-vivos, de 1968, além de ter feito toda uma obra no gênero, com cults como Zombie e Madrugada dos Mortos.

Romero morreu neste domingo (16/7), conforme seu agente. "Faleceu em paz enquanto dormia, depois de uma curta, mas agressiva luta contra um câncer de pulmão", afirmou Chris Roe, o agente, acrescentando que "deixa uma família muito carinhosa, muitos amigos e um legado cinematográfico que sobreviveu e sobreviverá à passagem do tempo".

O gênero dos mortos-vivos criado por Romero persistiu e ainda hoje rende frutos, como o seriado de tevê The Walking Dead. Abaixo, reveja o quiz de mortos-vivos que o XYZ fez faz algumas semanas, que abria, justamente, com ele.

(Com informações da AFP)

BBC anuncia uma atriz como novo Doctor Who

Cultuado seriado inglês terá Jodie Whittaker na nova temporada.

Divulgação
Jodie Whittaker, na primeira imagem oficial da BBC para o Doctor Who
A BBC anunciou quem vai ser a próxima encarnação do Doctor Who, alienígena que estrela o cultuado seriado de ficção científica de mesmo nome da emissora inglesa. Pela primeira vez, o personagem será encarnado por uma mulher. Será a atriz Jodie Whittaker, que vem de papéis na tevê britânica, inclusive um episódio da primeira temporada de Black Mirror (The Entire History of You).

A temporada que terminou há poucas semanas ainda era estrelada por Peter Capaldi, que já havia anunciado sua saída no ano passado. Ele vai voltar no Especial de Natal, quando deverá acontecer a chamada regeneração, quando o personagem "morre" e renasce em outro corpo.

O seriado Doctor Who começou a ser produzido em 1963. Teve um longo hiato sem produção entre 1989 e 2005, mas na nova fase conquistou uma geração de fãs. A BBC faz várias inovações na série ao longo dos anos, como o próprio fato de mudar o ator principal de tempos em tempos, encaixando essa transformação dentro da própria história. Em temporadas anteriores, já haviam surgido indicativos de personagens mudando de sexo, como o arqui-inimigo do herói, The Master, que voltou em versão feminina, como Missy.

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS