Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Rio Grande do Sul Pedido da fabricante

Anvisa determina recolhimento de lotes de queijo parmesão ralado gaúcho

Pedido foi da própria fabricante, que afirma que não há 'total garantia sobre a qualidade e inocuidade do produto'

Última atualização: 09.09.2016 às 10:13
Reprodução/Facebook
Anvisa determinou recolhimento de lotes do queijo parmesão Parmíssimo
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de diversos lotes do queijo parmesão ralado da marca Parmíssimo, fabricado em Viamão, na região metropolitana. O órgão federal também afirmou que todo o estoque disponível no mercado seja devolvido.
O decreto foi publicado na edição desta sexta-feira (9) no Diário Oficial da União. Conforme o órgão, o recolhimento é voluntário e foi comunicada para o órgão no dia 23 de agosto. A determinação é para os lotes com as seguintes datas de fabricação: 08/02/16, 09/02/16, 15/03/16, 16/03/16, 17/03/16, 20/04/16, 22/04/16, 23/04/16, 25/04/16, 26/04/16, 18/05/16, 19/05/16, 20/05/16, 17/06/16, 18/06/16, 20/06/16, 15/07/16, 16/07/16, 18/07/16, 05/08/16, 06/08/16 e 08/08/16, em pacotes de 50g, 100g, 500g e 5000g, e data de validade de oito meses.
De acordo com a empresa fabricante, a ação de "recall" se faz necessária pois não haver "total garantia sobre a qualidade e inocuidade do produto". Neste ano, o órgão já havia proibido a lenda de um lote de um extrato de tomate e de uma geleia de morango por presença de "matérias estranhas".
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.