Publicidade
Acompanhe:
Cotidiano | Gente Gente

Angelina Jolie e Brad Pitt têm acordo provisório sobre guarda dos filhos

Imprensa norte-americana anunciou divórcio do casal há dez dias

Por AFP
Última atualização: 01.10.2016 às 15:00
Yoshikazu Tsuno / AFP
Angelina Jolie ficará com a guarda dos seis filhos em Los Angeles
Angelina Jolie chegou a um acordo provisório com Brad Pitt sobre a guarda de seus seis filhos, no qual se estabeleceu os direitos de visita para o ator, informou nesta sexta-feira a imprensa americana, dez dias após o anúncio do divórcio.

O acordo prevê que Brad Pitt passe por exames toxicológicos, apesar de já ter se submetido a testes de forma voluntária que apresentaram resultados negativos, segundo o site TMZ.

Angelina Jolie ficará com a guarda dos seis filhos em Los Angeles, e Brad Pitt terá sua primeira visita supervisionada por um terapeuta, que decidirá qual será o procedimento nas próximas semanas, segundo os termos do acordo, que tem vigência até 20 de outubro.

"É um acordo completamente voluntário (...) e não determina as modalidades de guarda de maneira definitiva", declarou uma fonte ligada ao caso ao site da revista People.

Angelina Jolie, 41, surpreendeu o mundo há dez dias ao anunciar o divórcio de Brad Pitt após dois anos de casamento e 12 de relação.

O FBI informou pouco tempo depois que analisava a possibilidade de abrir uma investigação ligada à declaração de Angelina Jolie de que Brad Pitt tinha um comportamento agressivo com os filhos.

Segundo o site Entertainment Tonight (ET), Angelina Jolie recorreu à especialista em gestão de crises Judy Smith, que deu origem à personagem Kerry Washington na série "Scandal".

Brad Pitt contratou os serviços de uma empresa de comunicação de Nova York e o advogado de Beverly Hills Lance Spiegel, de acordo com o ET.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.