Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul Despedida

Autoridades prestam homenagens a Teori Zavascki; veja depoimentos

Representantes dos três poderes participaram do velório do ministro do STF

Publicado em: 21.01.2017 às 21:11 Última atualização: 21.01.2017 às 21:13
Autoridades dos três poderes compareceram ao velório do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, neste sábado, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. Eles falaram sobre o caráter do ministro e a importância dos atos de Zavascki para amadurecer a Justiça brasileira.
AFP
Juiz federal Sergio Moro foi ao velório de Teori, para se despedir do ministro
“Vim como outros magistrados prestar minha homenagem. Há uma grande desolação da Magistratura, entre todos que o conheciam, especialmente aqui da 4ª Região, na qual ele fez carreira profissional. Muitos gaúchos desolados, é uma perda para a Magistratura muito grande e a vida continua”, citou o juiz federal da 4ª Região, Sérgio Moro, acrescentando que não responderia a nenhuma pergunta da imprensa.
AFP
Ministro Dias Toffoli diz que a morte de Teori é uma perda pra nação brasileira
“É muito triste para todos nós a despedida do ministro Teori Zavascki, é uma perda para a Nação brasileira, para o Poder Judiciário, para o Supremo Tribunal Federal, para o Tribunal Superior Eleitoral. A serenidade do ministro Teori Zavascki,a simplicidade e humildade dele marcará para sempre a Justiça Brasileira. E nós que pudemos desfrutar da amizade pessoal com Sua Excelência é uma perda pessoal que nos abala e ainda estamos sofrendo muito com sua passagem. Não poderia deixar de vir aqui dar um beijo nesse grande amigo”, destacou o ministro e vice-presidente do STF, Dias Toffoli. Sobre a relatoria da Lava Jato ele apenas afirmou que “não é momento para se conversar sobre isso”.
“Mantivemos uma boa relação até a ida dele para o Supremo, era um dos meus companheiros de viagem entre Brasília e Porto Alegre. Perdemos um juiz que teve capacidade de atuar com grande discrição, mas também com grande profundidade e grande atenção a todos os processos, como todos são testemunhas. A vida dele é um exemplo para todos, um indicativo de como deve proceder um magistrado especialmente nas altas funções da República”, discursou o ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Paulo de Tarso Sanseverino. Entre as autoridades que falaram com a imprensa foi o único a opinar sobre os rumos da relatoria da Lava Jato. “Temos que ouvir a ministra Cármen Lúcia, mas acredito que não se deve deixar a relatoria para o novo ministro que vai assumir. Seria uma situação política extremamente delicada”, informou.
Juarez Machado/GES
Presidente do TJRS, Luiz Felipe Silveira Difini
“Viemos aqui em nome do Tribunal de Justiça manifestar nosso pesar, já manifestado oficialmente, por esta perda extremamente significativa para a vida jurídica e para a própria vida brasileira. Foi o retrato de um juiz discreto, operoso, trabalhador, que decidia nos autos os temas que lhe eram colocados. Juiz discreto, operoso, trabalhador, que decidia nos autos os temas que lhe eram colocados. Certamente, fará muita falta para o STF, para o meio jurídico do Rio Grande do Sul e para o Brasil", ressaltou o presidente do TJRS, Luiz Felipe Silveira Difini.
Sobre a escolha do novo relator da Lava Jato, ele apenas citou que crê na melhor decisão do STF. “Esta é uma questão que tem várias interpretações no regimento interno do Supremo Tribunal Federal e têm surgido na discussão sobre o tema. Cremos que o STF saberá analisar e equacionar esta questão da melhor forma possível. É óbvio que o tema da Lava Jato é importante na vida de todos, isso é inegável, então vamos todos aguardar a decisão que, com certeza, o STF terá, atendendo da melhor forma o interesse público”.
Reprodução/Facebook
Paulo Odone, amigo de Teori há 40 anos
“Era uma pessoa que para sempre deveria ter ficado no conselho do Grêmio por sua sensatez, seu caráter, bom senso e discrição que teriam ajudado muito, às vezes mais que o clima da emocionalidade que andou graçando feio pro Grêmio, que precisa de pessoas com essa característica de discrição e de bom senso, mas acho que a homenagem do Grêmio é justa”, citou Paulo Odone, advogado, ex-deputado estadual e ex-presidente do Grêmio, time de Teori.
Juarez Machado/GES
Presidente Michel Temer em velório de Teori
“Brevíssima declaração para registrar o pesar, não só pessoal, mas de todo governo brasileiro e também revelar que é uma perda lamentável para o País, particularmente para a classe jurídica e Poder Judiciário. Ministro Teori, tenho dito com muita frequência, é um homem de bem e o que o Brasil precisa cada vez mais é de homens com a têmpera, com a competência pessoal, moral e profissional do ministro Teori. Ao deixar também os pêsames à sua família, para os habitantes do Rio Grande do Sul, onde ele viveu por muito tempo e de igual maneira à queles de Santa Catarina, onde ele nasceu. Estendo também ao sentimento que tenho observado entre todos os integrantes dos tribunais do País, especialmente aos colegas do Supremo Tribunal Federal que lamentam, há dias, sem exagerar, que choram a perda do ministro. Que Deus o conserve e conserve também na nossa memória, dos brasileiros, como exemplo a ser seguido”, destacou o presidente Michel Temer confirmou que só indicará o substituto de Teori no STF quando estiver definido o novo relator da Lava Jato.
Juarez Machado/GES
Ministro José Serra
“É uma perda para a família e para todo Brasil. Um homem que foi exemplar em todas as funções que ocupou ao longo de sua vida na área jurídica. Nos anos recentes, era sinônimo de equilíbrio, preparo e discrição. Eu pessoalmente que tinha uma relação boa com o ministro, inclusive em funções que envolviam a emenda parlamentarista, repetidas vezes estávamos juntos debatendo este tema e pude me dar conta do preparo do ministro, inclusive em matéria de sistema político e sistema eleitoral”, disse o ministro José Serra
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.