Jornais
FECHAR
  • Jornal NH
  • Diário de Canoas
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 24/09/2015 - 21h38
ltima atualizao em 24/09/2015 - 21h39

Ghem busca vaga na semifinal nesta sexta em Campinas

Hamburguense encara algoz de Rogerinho. Argentinos dominam os demais confrontos

Ghem superou adversário e avançou para as quartas de final em CampinasO gaúcho André Ghem será o representante brasileiro nas quartas de final do Campeonato Internacional de Tênis de Campinas, apresentado pelo Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. O número 3 do Brasil busca uma vaga na semifinal não antes das 19h desta sexta-feira, na Sociedade Hípica de Campinas.

O adversário de Ghem será o chileno Juan Carlos Saez, que surpreendeu o paulista Rogério Dutra Silva nesta quinta, por 6/3 e 6/2. "Não pensei que seria tão tranquilo, ele ganhou de mim da última vez na Europa. O lindo desse esporte é que sempre há uma revanche. Estou muito feliz, joguei de uma maneira bem calma", declarou Saez.

O confronto entre Ghem e Saez é inédito no circuito, mas o chileno conhece o estilo de jogo do gaúcho. "É um jogador muito duro, tem muita potência, está em seu melhor ano de ranking. Será um jogo duro, como todos até agora", acrescentou o tenista de 24 anos.

Três duelos argentinos completam rodada

Os outros três duelos de quartas de final serão exclusivamente argentinos. A rodada de sexta-feira começa às 14h30 com o confronto entre Juan Ignacio Londero e Facundo Bagnis na quadra central. Atual campeão do torneio, Diego Schwartzman encara Nicolas Kicker, não antes das 16h30. O cabeça de chave 1 precisou virar a partida contra o compatriota Guido Andreozzi, com parciais de 6/7(6), 6/2 e 6/2.

"Foi muito duro. Ele começou a partida jogando bem. Depois eu melhorei bastante no final do set. Podia ter vencido o tiebreak, mas escapou. Por sorte, fiquei bem mentalmente e pude manter o nível durante o resto do jogo", comentou Schwartzman.

Não antes de 16h30, na quadra 1, Guido Pella terá Facundo Arguello pela frente. "Eu o conheço muito bem, já treinamos várias vezes juntos e temos uma ótima relação. Sempre é difícil jogar contra alguém que você se dá bem, ainda mesmo sendo argentino. Mas a chave ficou assim e temos que seguir jogando", disse Pella, campeão do torneio em 2012.

"Amanhã já tem quartas de final. Este torneio é bem forte, com jogadores bem difíceis. Facundo bem de uma vitória contra o (Guilherme) Clezar, que é sempre perigoso. Será uma partida dura para os dois", completou Pella, cabeça de chave 2 em Campinas.

Brasil tem duas parcerias nas semis de duplas

O carioca Wilson Leite e o paulista Bruno Sant’anna avançaram para as semifinais de duplas com triunfo sobre o paulista Tiago Lopes e o carioca Carlos Eduardo Severino, por 7/5 e 6/4. Eles terão pela frente o argentino Andres Molteni e Hans Podlipnik-Castillo às 14h30 desta sexta, na quadra 1. Já os gaúchos Fabrício Neis e Guilherme Clezar encaram os argentinos Guido Pella e Facundo Bagnis não antes das 19h, na mesma quadra. 

Publicidade