Compartilhar...

VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Luto

Aos 67 anos, morre o ex-jogador e técnico Vacaria

Ex-lateral-esquerdo foi ídolo do Inter nos anos 70. Como treinador foi campeão gaúcho da Divisão de Acesso com o Noia em 2000
Foto: Juarez Machado/GES
Vacaria participou em junho de 2015 do programa Arquibancada Colorada na WebTV do Jornal NH
Faleceu neste sábado, o ex-lateral-esquerdo do Inter, Olávio Dorico Vieira, o Vacaria, aos 67 anos de idade, em Canoas. O ex-jogador foi internado no hospital devido a complicações no seu quadro de saúde decorrentes de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), em 2013, e também de hepatite. Vacaria nasceu em Urussanga, Santa Catarina, em 26 de janeiro de 1949. Começou a jogar futebol aos 16 anos no Glória de Vacaria. Em 1968, aos 18, tornou-se profissional e foi para o 14 de Julho de Passo Fundo. Foi no clube do interior que Olavo se tornou Vacaria, apelido que o acompanharia pelo resto de sua carreira. O velório do ex-atleta está sendo realizado no Cemitério Ecumênico de São Leopoldo, que fica na Avenida Theodomiro Porto da Fonseca, 3249, e o sepultamento será no mesmo local, às 16 horas deste domingo (31).
Em 1970, após uma grande temporada pelo 14 de Julho, onde terminou como um dos artilheiros do interior, Vacaria foi para o Internacional. Apesar de ter feito parte do grupo campeão gaúcho nos anos de 70 e 71, o lateral não se firmou como titular e foi emprestado ao Figueirense em 1972. No time catarinense, Vacaria teve uma grande passagem, conquistou o título estadual e chamou a atenção das equipes de São Paulo e Rio de Janeiro.
No ano seguinte, o atleta retornou ao Internacional e se tornou titular absoluto das equipes comandadas por Dino Sani (1973-1974) e Rubens Minelli (1975-1976). Ao lado de craques como Valdomiro, Carpegiani, Caçapava, Falcão e Figueroa, Vacaria participou do time que conquistou o bicampeonato brasileiro (1975-1976) e o octacampeonato gaúcho (1976). 
Em 1977, o jogador foi para o Palmeiras e fez parte da equipe vice-campeã brasileira em 1978. No início da década seguinte, abandonou a carreira de atleta e tornou-se treinador. Da região do Vale do Sinos, Vacaria treinou o Novo Hamburgo em quatro oportunidades, nos anos de 1985, 1989, 2000 e 2002. No ano de 2000, Vacaria levou o Noia ao título da Divisão de Acesso Gaúcha. O ex-treinador comandou ainda o Aimoré nos anos de 1984/85, 1992 e 2007. 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS