Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Festa inusitada

Após sete reprovações, leopoldense faz festa com bolo de CNH ao tirar habilitação

Segundo ela, iniciativa busca encorajar outras pessoas a não desistirem diante da reprovação
11/03/2018 13:44 11/03/2018 13:45

Acervo Pessoal/Acervo Pessoal
Bolo de CNH foi uma das atrações da festa
Depois de cada uma das sete reprovações na prova prática para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a empresária Natiele Coelho Valério, 25 anos, ouviu as mesmas piadas de amigos e familiares. Desesperançosos, eles prometiam um bolo caso a jovem os surpreendesse na avaliação seguinte. Na semana passada a surpresa ficou por conta de Natiele, que organizou uma festa temática para comemorar o aniversário dela e o tão esperado direito de dirigir conquistado.

Moradora do bairro Rio dos Sinos, em São Leopoldo, Natiele não poupou detalhes na celebração, a começar pelo bolo, decorado com uma versão gigante do documento conseguido com tanto esforço. “Ninguém sabia qual seria o tema do meu aniversário. Decidi uma semana antes, para brincar com meus amigos, que sempre tiraram sarro das minhas reprovações, e também para festejar este que sempre foi um desejo meu”, conta ela, que está habilitada desde o final de janeiro.

“Nunca pensei em desistir e também nunca me desesperei. Todas as vezes que rodei na prova foi por um motivo diferente. Acredito que era falta de atenção, motivada pelo nervosismo. Minha intenção com a festa foi encorajar outras pessoas que passam por esta situação. O segredo é encarar tudo com bom humor”, ensina. Com o documento em mãos, Natiele agora celebra a conquista da maneira como mais gosta: no trânsito. “Já estou andando por tudo quanto é lugar. De tanto fazer as provas, acabei perdendo o medo. Me sinto segura e aproveito o carro, que antes ficava parado na garagem enquanto meu marido saía de moto”, conta.



Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS