Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Exclusivo

Ex-funcionário de bingo revela: 'É tudo programado para o cliente perder'

Organização sediada no Vale do Sinos, desbaratada segunda-feira, teve R$ 80 milhões em bens bloqueados pela Justiça
13/03/2018 07:42 13/03/2018 08:03

  • Ação em bingo de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
  • Uma das ações da operação ocorreu em um estabelecimento na Avenida Pedro Adams Filho, na região central de Novo Hamburgo
    Foto: Polícia Civil/Divulgação
Ex-funcionário do esquema, ele conhece bem o chefe, familiares e muitos dos laranjas da quadrilha da jogatina desbaratada nesta segunda-feira (12) pela Polícia Civil. Também sabe de segredos. “É tudo programado para o cliente perder”, afirma ele, que trabalhou em uma das casas da organização em Novo Hamburgo. Concordou em falar desde que não seja identificado. Segundo ele, o chefe do esquema é muito bem relacionado. “Só tem a 5ª série, mas é muito esperto. É amigo de políticos e policiais e sabe, como poucos, conduzir esse negócio. Começou do nada, como funcionário de padaria junto com a mulher, e hoje vive no luxo.”

A Polícia ainda contabiliza o dinheiro apreendido na Operação Octopus, que já tem bloqueados quase R$ 80 milhões em imóveis, veículos e contas bancárias de 29 investigados. A organização é sediada no Vale do Sinos, com tentáculos em Porto Alegre e litoral.

Entrevista

Quantas casas o grupo tem?
Ex-funcionário - O (nome do chefe) tem há uns 20 anos essa onde funcionava o boliche, que todo mundo sabe onde é. Sempre foi dele. Até sei o aluguel: R$ 30 mil. Há uns dois anos, abriu uma perto do triângulo, no bairro Rio Branco, e mais recentemente inaugurou outra em Caxias do Sul. A maior acho que é a de Porto Alegre, pela movimentação que falavam, mas nessa nunca fui. Tem também em Portão, cidade onde ele mora, e na praia. É um império. Ainda há dois bingos do irmão dele em Novo Hamburgo. Eles não se dão por causa da concorrência. Outro irmão chegou a investir milhões em um cassino no Uruguai, mas parece que correram ele de lá.

E as empresas para lavagem de dinheiro?
Ex-funcionário - Para ter ideia, a mulher do (nome do chefe) tem uma loja de roupas de grife onde uma calça custa na faixa de 500 reais. Quase não tem movimento, mas ela promove desfiles glamourosos, com modelos famosas, champanhe e muito luxo. Aliás, eles vivem no luxo. A casa deles em Portão é uma mansão toda vigiada por câmeras. Comprou um lustre de R$ 50 mil. A casa da praia fica em condomínio onde o lago é dele para os jet skis.

Só essa loja?
Ex-funcionário - Tem ainda uma churrascaria, lancherias e imobiliária. É o que sei, mas deve ter mais coisa. Um sobrinho dele (chefe), que tem lancheria em seu nome, anda de Porsche de R$ 300 mil por aí.

Como funcionam os bingos?
Ex-funcionário - Abrem 24 horas, de segunda a segunda. Chegam a dar café colonial de graça aos clientes, no domingo à tarde, para segurar o pessoal. No sábado à noite, quando o movimento é maior, tem galeto. Também dão cafezinho e lanche na madrugada. De manhã, vem um café da manhã. Até cigarro e bebidas, como uísque, são cortesias para manter o pessoal na casa. Mas claro que os funcionários ficam observando quem realmente gasta. Os considerados chinelões, que apostam pouca coisa, não são servidos.

Há um sistema sofisticado de vigilância?
Ex-funcionário - Sem dúvida. Além das câmeras, os funcionários trabalham sem identificação para se misturarem aos clientes. Isso é também para quando a polícia chega. Não vai ter como identificar um responsável. No bola 8 instalaram uma porta giratória. Se chegar alguém que não é bem-vindo, como a polícia, tranca. Daí dá tempo de o gerente sair pela lateral.

Quem são os clientes?
Ex-funcionário - A maioria é de velhinhos. Passam o dia no bingo. Tanto que, quando são pagas as aposentadorias, aumenta o movimento.

É só jogatina ou há outros negócios, como drogas?
Ex-funcionário - Só vi esquema de bingo e caça-níqueis.

De onde vêm os caça-níqueis?
Ex-funcionário - Vem tudo de Viamão, principalmente as placas-mãe. E é tudo programado para o cliente perder. Quando uma máquina enche, por exemplo, daí um ganha 10% a 15% do total e fica todo faceiro. Mas a maioria já terá perdido.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS