Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Música

São Leopoldo recebe tributo a Elis Regina nesta noite

Evento acontece a partir das 20 horas no Anfiteatro Padre Werner, no câmpus da Unisinos
21/03/2018 10:45 21/03/2018 10:46

Divulgação /Divulgação
Evento acontece a partir das 20 horas no Anfiteatro Padre Werner, no câmpus da Unisinos
A banda Camila Lopez e O Arrastão mostra hoje (21) às 20 horas, o show Tributo Elis Regina. O espetáculo, que integra as ações do o Arte Sesc – Cultura por toda parte, acontece no Anfiteatro Padre Werner, no câmpus da Unisinos. Trata-se de uma homenagem à maior cantora brasileira de todos os tempos. Camila explica que o trabalho em estúdio feito com os músicos foi de extrema importância para o resultado do projeto, principalmente pela decisão de manter os arranjos originais das canções.

“Temos um repertório de 22 músicas e optamos por seguir uma ordem cronológica e usar os arranjos originais. Se fôssemos mexer nos arranjos, a ideia é que ficasse melhor que o original e isso eu acho impossível.” A Camila Lopez e O Arrastão é formada por Camila Lopez (vocal), Alexandre Alles (teclado), Mateus Albornoz (baixo), Matheus Herrmann (guitarra), Rafael Branco Muller (bateria), Rafael Pavão (percussão).

Serviço 

O Que: Tributo Elis Regina com Camila Lopez e O Arrastão
Quando: hoje, dia 21
Onde: Anfiteatro Padre Werner – Avenida Unisinos, 950, Centro.
Ingressos: R$ 10 para comerciários, R$ 12 para empresários e R$ 15 para o público em geral. Venda no Sesc São Leopoldo (Rua Marquês do Herval 784) até as 18 horas e depois na bilheteria do teatro próximo do horário do espetáculo.
Fonte: Sesc São Leopoldo

Entrevista/Camila Lopez

Jornal Vs: O que motivou esse espetáculo?
Camila Lopez: Confesso nunca ter pensado nisso inicialmente... sabe... de ter alguma razão pra fazer o show. Simplesmente achava que deveria e fui lá e fiz. Tinha essa ideia rondando como intuição a minha cabeça desde adolescente. Não sei, mas sempre me imaginei cantando O bêbado e a equilibrista, sem nem saber quem era Elis de fato. Até que há 3 anos, resolvi fazer o tributo como se fosse isso que tivesse que fazer num primeiro momento... nessa construção do espetáculo, me apaixonei perdidamente por ela. Esse amor a Elis é recente na minha vida mas veio de forma completamente avassaladora. Ela não era só música. E tá aí né, dando muito certo e dando o quê falar.

VS: Como foi a organização do repertório?
Camila: Foi bem complicado definir o repertório diante de tanta música sensacional que a Elis gravou. Mas, partimos da premissa de fazer uma viagem no tempo na carreira dela, tentando passar por todos os momentos importantes. Pegamos músicas do começo até o final da sua carreira...e viemos contando essa história através das músicas.

VS: Qual o maior desafio de fazer um tributo para Elis?
Camila: De manter o nível, não parecer uma cópia (não sou cover), agradar aos ouvidos das pessoas e principalmente conseguir emocionar, tocar as pessoas. Por enquanto, estamos indo bem.

VS: O que o público pode esperar no show de quarta, dia 21, em São Leopoldo?
Camila: Muita emoção e surpresa. O espetáculo surpreende principalmente para aqueles fãs mais fervorosos da baixinha.



Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS