Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Luiz Coronel

Uma estrela no cárcere *

"Treze juízes condenam o ex-presidente da república em três julgamentos"
15/04/2018 06:30

Luiz Coronel é poeta
www.luizcoronel.com.br



1. Lágrimas. Que jamais se festeje a condenação de um homem. Em vez de foguetes, joguem-se aqueles fogos de artifício que se desfazem em lágrimas ante os céus.

2. Luiz Inácio. Um operário ergue no País uma majestosa mensagem de inclusão social. Pobres, ricos e a classe média aderem ao sonho de uma nação mais justa. O mundo o saúda. Nosso presidente transita na carruagem de reis. Assume o poder entre temores, concilia os contrários e conhece anos de ventura.

3. O poder. “Todo poder corrompe”, diz Seymour Matin Lipset. Para construir a maioria no Congresso Nacional Lula herda a prática de compra de parlamentares, como quem compra bananas na feira. Os poderosos têm “mensageiros” de torpes negociações na Petrobras, nos Fundos de Pensão e nos Ministérios. É aí que a vaca vai para o brejo. Não se chega ao paraíso comprando ingresso nos lupanares.

4. A popularidade. Dilatando benefícios sociais, ergue-se o mito do “Pai dos Pobres”, que Getúlio Vargas granjeara. Seu partido passa a ser detentor da política social, por excelência.

5. Os intermediários. Lideranças partidárias, intermediários, elos entre governo, empreiteiras e órgãos estatais forram a mula. As Olimpíadas, a Copa, a construção de estádios e o dinheiro sujo rola em cataratas por meio dos superfaturamentos.
6. A República suprapartidária. Cada partido e “executivos” nomeiam solertes larápios para essas operações subterrâneas. Explode o “Mensalão”. Ninguém sabia de nada. A operação “Lava Jato” levará empresários bilionários para trás das grades. O foro privilegiado fornece escudo a centenas de parlamentares enrolados até o pescoço em maracutaias.

7. As provas. O simples retorno de bilhões de reais do exterior já basta para confirmar a ação dos saqueadores da pátria. A figura fulgurante do líder Luiz Inácio da Silva insere-se entre os suspeitos de condutas ilícitas.

8. O julgamento. Treze juízes condenam o ex-presidente da república em três julgamentos. Dos seis “Ministros” do STF, que negam habeas corpus a Lula, cinco foram indicados pelos governos petistas.

9. A esquerda. Absolutamente incapaz de encarar os próprios desacertos, para manter a fidelidade partidária, elabora acrobáticas narrativas. Moro é um agente da CIA. Há uma conspiração do Poder Judiciário. E assim, lamentavelmente, somos hoje uma nação dividida. Terão as eleições de 2018 o toque milagroso para harmonizar o País?

10. A novela. Se o suicídio de Getúlio Vargas foi uma tragédia, a prisão de Lula escreve uma novela. O “Lula Livre”, por ironia do destino, será também a alforria dos condenados em segunda instância e toda legião de indiciados. Para lavar nossos pecados, nem mesmo a água mais benta. O Brasil está em sombras, acenda sua lanterna.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS