Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Polícia

Tenente da reserva da BM morre ao trocar tiros com PMs em Sapucaia do Sul

Fato aconteceu na madrugada de domingo (15) no bairro Nova Sapucaia
16/04/2018 11:38 16/04/2018 11:45

Reprodução /Reprodução
Márcio Corrêa, 58 anos, era tenente da reserva da BM
Um tenente da reserva da Brigada Militar (BM) morreu depois de trocar tiros com policiais militares na madrugada de domingo (15), em Sapucaia do Sul. PMs da cidade realizavam barreira quando teriam ouvido tiros próximo do local em que estavam. Na Travessa Fortaleza, no bairro Nova Sapucaia, eles se depararam com um homem armado com um revólver calibre .38, que teria efetuado disparos contra a guarnição. Os policiais revidaram, acertando o suspeito. Baleado, o homem foi socorrido pelos próprios policiais ao Hospital Getúlio Vargas onde acabou morrendo.

No hospital  ele acabou sendo identificado como Márcio Corrêa, 58 anos. Tenente da reserva da BM, Corrêa trabalhava como assessor de gabinete do vereador Marco da Rosa, o Marquinhos. Em seu perfil no Facebook, Marquinhos lamentou o fato. “Perdi um grande assessor e um amigo”, escreveu. O corpo de Corrêa foi velado no plenário da Câmara de Vereadores de Sapucaia do Sul durante o domingo (15) e sepultado na manhã desta segunda-feira (16) no Cemitério Pio XII, no bairro Lomba da Palmeira.

A Polícia Civil e a Brigada Militar instauraram inquéritos para apurar a morte de Corrêa. De acordo com o comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), o coronel Oto Eduardo Amorim, o procedimento acontece em toda a ocorrência policial que acaba em morte. Ele ressalta que antes de atirarem os policiais que atenderam a ocorrência solicitaram que o homem baixasse a arma e se entregasse, o que não foi feito. O caso é investigado pela 2a Delegacia de Polícia (2a DP) da cidade. De acordo com informações do setor de investigação da DP, o local onde aconteceu a troca de tiros fica próximo a um ponto de tráfico de drogas. Testemunhas deverão ser ouvidas ainda na tarde de hoje (16) no local. Informações que possam auxiliar a polícia na elucidação do caso podem ser repassadas á investigação pelo telefone 3453.3138. 


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS