Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Internacional

Inter perde e completa quatro jogos sem vitória

Contra o Flamengo no Maracanã lotado, Colorado foi dominado e entregou a partida no segundo tempo
06/05/2018 21:39 06/05/2018 21:39

Ricardo Duarte/Inter
Sem conseguir propor jogo, o Inter saiu mais uma vez sem a vitória e sem marcar gols
A missão do Inter neste domingo era encarar o líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo, no Maracanã, com 50 mil torcedores no estádio. Uma tarefa complicada e um teste de peso para a equipe que não via a rede balançar há três jogos. E se o primeiro tempo deu algum tipo de esperança para o torcedor, o segundo foi um passeio do Flamengo que garantiu os três pontos em cima das falhas coloradas, que já soma quatro partidas sem marcar e sem vitórias.

Como era de se esperar, o rubro-negro não desperdiçou a vantagem de jogar em casa e foi pra cima do Colorado. Se aproveitando dos erros da defesa do Inter, o Flamengo criou algumas jogadas de perigo e ameaçou o gol Colorado. O time gaúcho mostrou que não estava para brincadeira e, logo aos 12 minutos, depois de vários passes errados, Pottker acertou um cruzamento impecável na cabeça de Leandro Damião que, na melhor chance do jogo acertou no canto do gol. Foi o goleiro Diego Alves que, em uma excelente defesa, impediu o gol colorado. O Inter passou então a ficar travado em seu campo de defesa, com pouca mobilidade e articulação para criar boas jogadas. Não fosse Danilo Fernandes, que fechou o gol em pelo menos quatro oportunidades, o Inter teria saído do primeiro tempo com uma goleada nas costas. Aos 45, Damião de cabeça quase marca, mas esbarra em Diego novamente.

O Flamengo voltou com sangue nos olhos no segundo tempo e trancou o Inter de vez. Apesar de Pottker voltar com força e criar boas oportunidades no começo da segunda etapa, a esperança morreu quando Lucas Paquetá, aos 25 minutos cobrou falta na barreira e, no rebote, acertou uma bola que desviou na barreira e enganou Danilo, abrindo o placar. O Inter ficou desestabilizado e, em uma falta desnecessária, Pottker foi expulso, criando uma confusão generalizada em campo. Abalado, a equipe colorada tentou reagir, mas a defesa falhou em contra-ataque rápido de Éverton Ribeiro que fez a fila e chutou no canto direito marcando o segundo e fechando o placar. O Inter tentou reagir nos acréscimos com duas chances de Iago, que não deram em nada.

Damião quer foco para o Gre-Nal

A quarta derrota seguida afetou a moral dos jogadores. O time, que entrou com uma postura defensiva, ficou acuado em seu campo e acabou levando os gols. Para o atacante Leandro Damião, as melhores chances vieram no primeiro tempo. “Entramos no jogo fechadinhos e não conseguimos jogar. No primeiro tempo tivemos oportunidade de fazer gol e o Diego Alves saiu bem e conseguiu evitar. Ele fez um grande jogo também”, comenta o jogador.

“Estamos tristes com a derrota, mas temos que nos recuperar para o Gre-Nal”, explicou Damião ao final da partida. Para Brenner, que entrou no segundo tempo no lugar de Gabriel Dias, a proposta da equipe era tentar se aproveitar dos erros do Flamendo para tentar conseguir uma brecha e marcar. “O que faltou para nós foi a vitória. Nós viemos com uma proposta bem definida de jogar no contra-ataque, só que infelizmente perdemos o jogo”, explicou o jogador. O Inter encara o Grêmio, na Arena, no próximo sábado, às 16 horas.

INTER

Danilo Fernandes; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Dourado, Gabriel Dias (Brenner), Patrick e D’Alessandro; Pottker e Damião (Lucca).  Técnico - Odair Hellmann.

FLAMENGO

Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e 
Geuvânio (Jean Lucas); H. Dourado (Guerrero) e Vinicius Jr..  Técnico - Maurício Barbieri.

DETALHES

Local - Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Arbitragem - Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Miguel da Costa e Fabio Baesteiro.
Público total: 60.182


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS