Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Cris Manfro

Tensão

"Viver tenso não é ser mais preocupado com a vida. É viver em sofrimento e só!"
03/06/2018 06:00

Cris Manfro é psicóloga clínica, terapeuta de família e casal e mediadora familiar
acmanfro@terra.com.br

Esse texto não é para pessoas que não são comprometidas e responsáveis. Eu cresci vendo meu pai tenso. A tensão pairava no nosso lar. Era tensão para pagar o aluguel no final do mês, a escola, as contas em geral e muitos compromissos a serem cumpridos. Era tensão para com o dia de hoje e de amanhã e também para todos os dias que viriam. Chegou um momento em que eu percebi que havia tensão o tempo todo e para tudo. E eu não era diferente, principalmente para o que não precisava. Meu pai não sabia mais distinguir o que era um motivo suficientemente bom para causar tensão, medo, angústia, das coisas onde visivelmente tudo se resolveria com facilidade. Cada nuvem um pouco mais escura era uma tormenta que se aproximava, e seria catastrófica. Ele não sabia separar o que deveria causar preocupação daquilo que era uma preocupação infundada.

Na atualidade vejo que tudo piorou. Não importa sabermos o quanto a calma e a serenidade nos ajudam a tomar melhores decisões e o quanto a angústia nos faz sofrer. Quando a ansiedade atrapalha, lá está a tensão presente em tudo, e com um agravante que a deixa pior: a comparação e a competição com os outros. Nunca se competiu tanto para chegarmos a lugar nenhum. Até porque sempre terá alguém à sua frente, e que bom, desde que seja um estímulo para você crescer e não para se atormentar.

Estar em sofrimento por ansiedade é confundido com responsabilidade. Esse é o pior erro. Para nos sentirmos responsáveis e antenados, pensamos ter que estar em sofrimento e tensos. Alunos precisam estar tensos, com medo e nervosos porque os professores assim entendem que eles estarão aprendendo. O funcionário deve estar nervoso e ansioso porque os chefes confundem essa preocupação com ser pró-ativo. Você acaba achando que, se estiver morrendo de angústia e ansiedade, se sairá melhor no que quer que faça e estará de alguma maneira fazendo mais, rendendo mais, sendo mais.

Viver tenso não é ser mais preocupado com a vida. É viver em sofrimento e só! E geralmente atordoando os outros. Você pode se acostumar de tal forma ao seu habitual nervosismo e tensão que nem percebe, mas isso não significa que não esteja lhe fazendo mal ou não esteja fazendo mal para os outros. Trabalhar tenso não é você ser mais dedicado e nem melhor profissional, só é desgaste. Relacionar-se com tensão é medo, angústia, paranoia, o que nada tem a ver com amor. Pelo contrário, tensão é o oposto de tesão. Aí está porque tanta gente tem vontade de chutar tudo e a todos, e sumir. Por isso tanta “pane” nas cabeças e nas relações das pessoas. É por isso que tanta gente não tem mais tesão para nada. Vão para seus trabalhos de arrasto, se relacionam em sofrimento, dão aula por obrigação, alunos assistem aulas como tarefa a cumprir. Pois tire o N da palavra tensão da sua vida e viva com mais tesão. Com alegria você fará tudo melhor.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS