Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
São Leopoldo

Guardas municipais são capacitados para uso de pistolas .380

Formação que iniciou segunda-feira (14) segue até o final do mês e conta com a participação de 10 agentes
15/05/2018 14:52 15/05/2018 14:53

Thales Ferreira/Thales Renato Ferreira
Formação que iniciou segunda-feira segue até o final do mês e conta com a participação de 10 agentes
Dez agentes da Guarda Civil Municipal de São Leopoldo participam desde o início desta semana de uma capacitação para uso de arma de fogo. No curso, que segue até o dia 30, os integrantes vão utilizar pistolas calibre .380. Este é o primeiro curso com instrutor próprio da GCM habilitado junto à Polícia Federal e inclui instruções práticas e teóricas. Com carga horária de 100 horas/aula, o curso é ministrado pelo agente Fábio dos Santos que recebeu credenciamento junto à Superintendência Regional da Polícia Federal como instrutor para utilização de armamento e tiro. A habilitação permite a Santos capacitar demais integrantes da corporação. A iniciativa gerará uma economia na instrução para uso de arma de fogo pelos integrantes da corporação.

“Termos um agente próprio com credenciamento da PF é altamente positivo. Hoje para utilizar arma de fogo cada integrante da Guarda precisa passar por capacitação de 100 horas e o porte tem validade com mais uma atualização anual de 80 horas. Com a utilização das munições doadas pela empresa Taurus e com instrutor próprio vamos reduzir custos. Se fosse realizado em uma empresa de instrução de tiro, o gasto ficaria em torno de R$ 40 mil por turma. Até o final do ano serão mais três turmas aptas para uso de pistola”, afirma o diretor da GCM Wagner Pires.

Para o secretário de Segurança Pública e Defesa Comunitária, Carlos Sant'Ana, o curso melhora as condições de serviço dos agentes. “Haverá uma qualificação do trabalho da GCM que até então utilizava apenas revólveres calibre 38. Por se tratar de equipamentos distintos o eventual uso deste tipo de arma de fogo requer um preparo diferenciado”, comenta Sant'Ana.

O novo instrutor, Fábio dos Santos, também possui habilitação para capacitação com uso de armas não letais e acredita que a nova credencial complementará as atividades de policiamento comunitário e proteção do serviço público municipal. “O treinamento não será importante apenas para a segurança dos agentes, mas também para a população. É uma habilidade que requer muita concentração e preparo. Essa qualificação é de fundamental importância para a ação dos agentes da Guarda Municipal. O uso de pistola requer mais habilidade dos agentes e esta capacitação dá mais segurança na hora de atuar e consequentemente proteger melhor a população”, afirma Santos.



Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS