Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Revisão

TCU determina redução de pedágio da free way

O ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a redução na última quinta-feira (10)
11/05/2018 21:29 11/05/2018 21:37

@triunfoconcepa/@triunfoconcepa/Reprodução/Twitter
Free way no trecho de Santo Antônio da Patrulha
O ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, na última quinta-feira (10), que seja revisada e novamente reduzida a tarifa de pedágios da free way (BR-290). Segundo ele, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) teria “subestimado o tráfego de veículos e superestimado os custos de manutenção e conservação a cargo da Concessionária da Rodovia Osório-Porto Alegre S.A. (Concepa)” quando houve a extensão do contrato por 12 meses, em julho de 2017. Nardes deu 10 dias para que a ANTT revise a tarifa-base de pedágio hoje em vigor, indicando as diretrizes para os cálculos a serem cobrados.

Contrapontos

Através de nota, a Triunfo Concepa disse que a extensão do contrato de concessão por 12 meses resultou de proposta realizada pela  ANTT, que definiu a nova tarifa e demais condições contratuais.

“Essas premissas foram consideradas pela concessionária e incorporadas nos direitos, obrigações e riscos assumidos durante o período de extensão, formalizados a partir da assinatura do 14.º termo aditivo, publicado no Diário Oficial da União em 4 de julho de 2017”, informa.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS