Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
12 de junho

Região com atividades pelo dia de combate ao trabalho infantil

Data será lembrada com debate, desenhos e poesias em São Leopoldo e Sapucaia do Sul
12/06/2018 07:45 12/06/2018 07:45

Por meio de debate, com desenhos ou através de contos e poesias. De diferentes formas estudantes, professores e lideranças ligadas a secretarias e instituições que atendem a crianças e adolescentes farão coro a luta contra o trabalho infantil nesta terça-feira (12) na região. A data é celebrada nacional e mundialmente e foi criada em 2002 por iniciativa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU). A proposta é lançar luz a um problema que ocorre em todas as cidades, em todos os países e que faz com que crianças trabalhem no momento em que têm negligenciados direitos como educação, saúde e lazer.

Em São Leopoldo, a ação ocorre a partir das 13h30 no auditório da Escola de Gestão, na Prefeitura. O evento, que terá como tema “Não proteger a infância é condenar o futuro” é organizado pela Secretaria de Segurança e Defesa Comunitária (Semusp), por meio da Diretoria de Políticas de Segurança Cidadã (DPSC). Representantes de diferentes secretarias e especialistas no assunto integrarão uma mesa de debates dando sequência a uma discussão que teve início no mês passado durante a primeira edição da Semana de Enfrentamento às Violências Contra a Criança e Adolescente. Haverá ainda apresentações cultuais. “Isso faz parte das ações da secretaria no sentido de garantir uma infância sem violências e, consequentemente, impactar na prevenção geral da violência e criminalidade do município. O trabalho infantil, além de ser uma violência, em si, é causa de outros tipos de violência, a ponto da Organização Internacional do Trabalho considerar, tecnicamente, a questão da exploração sexual de crianças como uma das facetas do perverso trabalho infantil”, destaca o titular da Semusp Carlos Sant’Ana.

Em Sapucaia do Sul o combate ao trabalho infantil também será tema de uma atividade especial no auditório da escola Vanessa Ceconet. No local, serão expostos desenhos, contos e poesias feitos por estudantes da rede municipal, produzidos dentro Projeto MPT na Escola: de mãos dadas contra o trabalho infantil, uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho em parceria com a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação. A visitação é aberta à comunidade, e ocorrerá das 13 às 16 horas.

Números  

De acordo com dados da UNICEF, estima-se que aproximadamente 168 milhões de crianças sejam vítimas de trabalho infantil em todo o mundo. Segundo a OIT, cerca de 20 em cada 100 crianças começam a trabalhar a partir dos 15 anos. No Brasil, por exemplo, calcula-se que 3 milhões de crianças trabalhem nas mais diversas atividades como venda de produto em semáforos, serviços domésticos e no campo. Dados do IBGE de 2015 revelam que 80 mil crianças de 5 a 9 anos trabalhavam no país.

Desde 1º de junho, o Ministério Público do Trabalho (MPT) divulga em seu Facebook (www.facebook.com/mptnors) série de postagens sobre essa triste realidade: 152 milhões de crianças trabalham no mundo (88 milhões de meninos e 64 milhões de meninas); o trabalho infantil está concentrado principalmente na agricultura (70,9%), um em cada cinco trabalhadores infantis está no setor de serviços (17,1%) e 11,9% das crianças trabalham na indústria; 38% das crianças (5 a 14 anos de idade) que realizam atividades perigosas trabalham mais de 43 horas por semana; 95% dos trabalhadores resgatados em condição análoga a de escravo também foram vítimas de trabalho infantil.

Fonte: Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS