Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Entretenimento

Fim de semana foi de festival de música em São Leopoldo

Evento reuniu 18 bandas e mais de 70 artistas no fim de semana na cidade
25/06/2018 10:43 25/06/2018 10:44

Priscila Carvalho/GES-Especial
Evento reuniu 18 bandas e mais de 70 artistas no fim de semana na cidade
Divulgar a cena musical leopoldense. Este foi o principal objetivo da primeira edição do Festival Grito dos Músicos, organizado pelo Fórum dos Músicos de São Leopoldo e que contou com a apresentação de 18 bandas, reunindo mais de 70 artistas, neste sábado (23) e domingo (24), no Centro de Eventos do município.

A abertura oficial do evento aconteceu na tarde do sábado e contou com as presenças de membros do Fórum, representantes das empresas parceiras e autoridades locais. Para marcar o primeiro Grito dos Músicos, foi elaborada uma coletânea de 16 músicas, com artistas que se apresentaram no Festival, colocadas em CD, à venda durante a ação. “Tivemos pessoas oferecendo em todo o espaço e os nossos parceiros da Economia Solidária também colocaram em seus estandes para ajudar nas vendas”, disse o vice-presidente do Fórum, Mateus Silva, destacando que todo o dinheiro arrecadado na venda dos discos será destinado igualmente às bandas.

Na atividade, vários gêneros musicais puderam ser ouvidos pelo público, como rock, rap, pagode, música gaúcha e sertanejo. “Fizemos o Festival com o propósito de dar um up, uma valorizada nos músicos locais, mostrar que existe uma cena musical em São Leopoldo”, conclui Silva.

“O primeiro passo foi dado”

Com a experiência de seus 40 anos de carreira e 10 CDs gravados, o cantor nativista Raúl Quiroga, 59, exaltou o fato de o Fórum proporcionar a integração entre vários estilos e faixas etárias. E esse foi um dos motivos que o fez participar do movimento. “Entrei para alimentar a vontade de continuar na música, de quem vai atrás, os mais jovens”, ressalta.

Contribuindo com toda a parte de masterização do CD Grito dos Músicos, Quiroga salienta que o evento teve a união de esforços e boas parcerias para que pudesse acontecer, sem nenhuma dívida para ser paga. “O primeiro passo foi dado e o mais importante é a realização de um novo evento, abrindo mais portas para a música” entende, recordando que fizeram questão de ter apenas artistas da cidade no Festival e que todas as músicas gravadas têm o seu ISRC – código fonográfico que funciona em qualquer lugar do mundo e serve para identificar a música.

Boa impressão de músicos e público

Há cinco anos em São Leopoldo, o músico e professor de música, Daniel Almeida, vê o cenário musical leopoldense bastante atuante nos últimos anos, e espera que o Festival se fixe no calendário artístico do município. “É o primeiro evento, mas que já chegou bem robusto, que veio pra ficar”, analisa.

A auxiliar de expedição Patrícia da Luz, 38 anos, trouxe a fila Amanda, 5, para curtir o evento e prestigiar os amigos Jader & Mateus, que tocaram no fim da tarde de sábado. “Achei bem interessante. Será muito bom se houverem mais”.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS