Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Cambridge Analytica

Regulador britânico de defesa de dados planeja multar Facebook

Decisão diz respeito ao caso em que milhões de usuários tiveram dados expostos
11/07/2018 00:07 11/07/2018 00:07

O regulador britânico de proteção de dados, ICO, anunciou nesta quarta-feira (11) sua intenção de impor uma multa de 500 mil libras ao Facebook pelo caso da Cambridge Analytica, onde milhões de usuários tiveram seus dados explorados sem seu conhecimento. O ICO realizou uma investigação sobre o caso, que afetou 87 milhões de usuários do Facebook, para indagar sobre as possíveis interferências no referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, em 2016.

Em comunicado publicado nesta quarta-feira, o ICO revela que sua investigação "concluiu que o Facebook desobedeceu a lei ao não proteger a informação pessoal. Também constatou que o grupo não foi transparente sobre como outras partes obtinham dados pessoais". Em consequência, o ICO "anuncia sua intenção de impor uma multa" de 500 mil libras (565.000 euros) ao Facebook por violação da lei britânica sobre a proteção de dados.

"As multas e as investigações punem os maus atores, mas o verdadeiro objetivo é corrigir e restabelecer a confiança em nosso sistema democrático", declarou Elizabeth Denham, chefe da comissão reguladora. A encarregada de questões de privacidade no Facebook, Erin Egan, disse que o grupo "examina" as conclusões do ICO e as responderá "em breve".

"Trabalhamos em estreita colaboração com o ICO em sua investigação sobre a Cambridge Analytica, como também fizemos com as autoridades de Estados Unidos e de outros países". Segundo o ICO, Facebook tem a possibilidade de argumentar antes de uma decisão final. A Cambridge Analytica é uma empresa britânica acusada de utilizar dados pessoais (sem o conhecimento do usuário da rede social) com finalidades políticas.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS