Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Segurança

Roubo a comércio tem queda de 60% no número de ocorrências em São Leopoldo

Dados foram apresentados pelo comandante da Brigada Militar na reunião de associados da CDL nesta semana
10/08/2018 08:10 10/08/2018 08:10

Vinícius Flores/Brigada Militar/Divulgação
Dados foram apresentados pelo comandante da Brigada Militar na reunião de associados da CDL nesta semana
Aparentemente um cliente comum. Entra, escolhe um produto qualquer e, no caixa, mostra a arma para a atendente, anunciando o assalto. Em poucos minutos sai do local levando todo o dinheiro arrecadado em um dia de trabalho. A cena já vivenciada por muitos comerciantes está cada vez mais distante das lojas e estabelecimentos comerciais de São Leopoldo. Levantamento feito pela Brigada Militar demonstra que na cidade, este tipo de crime teve queda de 60% nos primeiros oito meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. De primeiro de janeiro até a última segunda-feira, foram registrados 78 roubos a comércios e estabelecimento financeiro e de ensino na cidade. Em 2017, de janeiro a agosto, haviam sido 199. Em todo o ano passado foram 263 casos.

Os números foram apresentados pelo comandante do 25o Batalhão de Polícia Militar (25o BPM), o tenente-coronel Carlos Daniel Schultz Coelho a empresários durante a reunião de associados da Câmara dos Dirigentes e Lojistas (CDL), terça-feira (7). No encontro, o coronel destacou as ações de segurança realizadas pela Brigada Militar, especificando também atividades direcionadas ao comércio e seus clientes, além de apresentar os índices de roubos além de orientações de organização aos lojistas, a fim de prevenirem delitos. Foi destacada ainda a criação, em março do ano passado, da Patrulha Tático Móvel (Patamo) para atuação em horário comercial e que resultou numa maior aproximação dos policiais junto aos comerciantes.

“Esta aproximação da comunidade através da Patamo tem evitado muitos delitos uma vez que cada situação anormal ou suspeita, é comunicada diretamente a patrulha ou por meio do 190”, destaca o comandante .

 “Só temos a agradecer”, diz presidente da CDL 

Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Olinto Menegon, diz estar satisfeito com o trabalho realizado pela BM e que tem como resultado a queda no número de ocorrências na área comercial da cidade. “Estamos vendo grande mobilização e avanço nas ações de policiamento. O trabalho da Brigada Militar na cidade é altamente satisfatório. Nós só temos a agradecer”, diz.

“A segurança é um tema que sempre está em pauta entre os lojistas, e o que percebemos é que hoje a polícia está mais presente não somente em épocas de pico de vendas, mas no dia a dia o que tranquiliza comerciantes e clientes”, afirma.

Parceria entre lojistas e a polícia  

Atendente em uma farmácia localizada na Rua Independência, no Centro, Alan Rodrigo Krug da Silva, 25 anos, diz que o local foi assaltado por um homem armado no mês passado. O fato ocorreu por volta das 21 horas. Logo após o crime, a Brigada Militar foi acionada. “Chamamos a polícia e eles vieram rapidamente e registraram o boletim de ocorrência. Sabemos que jamais estaremos livres de sermos vítimas de um assalto, mas nos últimos meses estamos nos sentindo bem mais seguros, com as viaturas passando com frequência na frente da loja e às vezes até parando por aqui. Essa presença do policiamento, certamente afugenta os criminosos. Além disso, o atendimento rápido da polícia, quando solicitada, é algo a ser destacado”, afirma.

Segundo ele, além de contar com a patrulha da Brigada Militar, os comerciantes também atuam de forma conjunta. “Temos um grupo dos varejistas no WhatsApp onde estão inseridos também alguns policiais. Ali avisamos uns aos outros sobre movimentos suspeitos. Estamos tomando cuidados maiores”, conta.

Dados foram apresentados pelo comandante da Brigada Militar na reunião de associados da CDL nesta semana


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS