Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Protesto por calçamento

Moradores do Campestre querem pavimentação na Rua Walter Rosa

Rua Walter Rosa foi fechada em protesto pedindo calçamento no bairro Campestre
05/12/2018 18:59 05/12/2018 18:59

Foto por: GES
Descrição da foto: Moradores fecharam a rua
Convivendo com buracos e poeira todos os dias e cansados de aguardar por respostas da administração pública, moradores de ruas do bairro Campestre realizaram um protesto pedindo por melhorias nas vias do local. Para tanto, uma valeta foi feita em parte da Rua Walter Rosa, na última terça, para impedir a passagem de veículos e solicitar, pacificamente, que o trecho receba calçamento. Com cartazes, a comunidade cobravam obras no ponto e questionavam para onde vai o dinheiro do Imposto Predial e Territorial Urbana (IPTU) que pagam à Prefeitura.
 “A rua tem partes desniveladas e mais altas que a calçada, então quando chove toda a água, com terra, entra na minha casa”, disse Eliane Eich, 48 anos, moradora do lugar há 10 anos. “Fora que eu tenho que estar com a casa sempre fechada por causa da poeira”, exclamou. Por conta disso, Eliane chegou a protocolar pedido na Prefeitura, ainda no ano passado, mas não teve resposta. Morando há um ano no local, Dão Azevedo, 60 anos, encontra dificuldade em circular pelas ruas. Ele precisa se locomover com um triciclo adaptado, por conta de um AVC, que limitou os seus movimentos.

DIFICULDADE
 “Se eu soubesse que seria assim, não tinha comprado casa aqui. Já tive que mandar arrumar o triciclo três vezes”, relata Azevedo. “Nunca lembram dessa rua. Tudo que queremos é calçamento”, resume a moradora Vera Lucia Lemos da Silva, 51.

Aprovada em 2014

Segundo os moradores, já foram feitos inúmeros pedidos ao Executivo por conta da situação. Inclusive, o calçamento do trecho e de outras ruas do bairro foi uma das demandas aprovadas para a Região Sudeste, no Orçamento Participativo votado em 2014. No total, seriam destinados mais de R$ 1,5 milhão para a obra que teve 249 votos. Mas, ela ainda não saiu do papel. “No fim do ano passado, perguntei numa reunião com eles, sobre o calçamento aprovado no OP para cá, e um deles disse que ‘esqueceram a Walter Rosa”, contou o corretor de imóveis Andreus Marchis, 37 anos que mora no bairro há cerca de 1 ano. Ele conta que a rua citada é a principal da região, por onde passa ônibus e que serve de ligação para outros bairros próximos, como o Feitoria, tendo grande movimento. “A gente fez esse protesto pacífico para chamar a atenção, termos visibilidade para esse bairro que parece esquecido”, finalizou Andreus.
Agora, a mobilização dos vizinhos também está acontecendo por meio de um abaixo-assinado, contendo fotos do estado das ruas, e que já possui 155 assinaturas.

O que diz a Prefeitura 

 Por meio de nota, a Superintendência de Comunicação da Prefeitura de São Leopoldo disse que “a Secretaria de Orçamento Participativo reconhece que possui demandas reprimidas e, com a grave crise econômica, a execução ficou ainda mais difícil. Assim, o governo municipal busca parcerias e investimentos além do orçamento já previsto, captando recursos para a execução de obras viárias, como no caso do Badesul, que permitiu investir em diversas ruas no bairro Campestre”.  Ainda conforme a nota, “será pedido, também, à Secretaria Municipal de Obras e Viação que faça um estudo técnico e orçamentário das demandas atrasas votadas no OP, inclusive da demanda citada no protesto, mas isso depende da captação dos recursos, que está em fase de análise e, assim que aprovada, as demandas reprimidas do Orçamento Participativo terão prioridade”.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS