Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
O bom filho ao Cristo Rei torna

Aos 36 anos, o leopoldense Marcelo Pitol volta ao Aimoré como grande nome para o Gauchão

"Vamos fazer um grande campeonato, juntamente com a torcida", promete o goleiro. Confira a entrevista completa
11/01/2019 08:05 11/01/2019 16:55

Foto por: Digue Cardoso/Aimoré/Divulgação
Descrição da foto: Leopoldense Marcelo Pitol está de volta ao Cristo Rei
Ele passou sua infância no bairro Vicentina, onde a mãe reside até hoje. Aprendeu a jogar futebol e escolheu a posição de goleiro na escolinha do Aimoré, ainda na pré-adolescência. Foi para o Grêmio aos 14 anos, profissionalizou-se e deixou o clube em 2003. Desde então, passou por mais de 17 clubes, incluindo o Aimoré, na conquista mais recente do clube, a Terceirona de 2012. No ano passado, brilhou no Brasil de Pelotas, disputando 53 jogos. Decisivo na semifinal contra o São José, no Gauchão, chegou à final do campeonato com o Xavante, feito que o levou à condição de ídolo entre os pelotenses. Agora, depois de garantir a permanência do Brasil na série B, o leopoldense Marcelo Pitol está novamente em casa.

Aos 36 anos, o goleiro será anunciado hoje como o novo reforço do Índio Capilé para a disputa do Campeonato Gaúcho. Ao lado de Diguinho e Toto, disputará os holofotes e o coração do torcedor aimoresista, e não foge da responsabilidade. “No futebol, eu aprendi que a gente, quando é mais velho, tem que ter uma influência positiva”, ensina. No fim da tarde de ontem, após o treinamento, Pitol conversou com a reportagem no pátio do Cristo Rei. Além de se dizer feliz por estar de volta a São Leopoldo, o goleiro mostrou confiança no grupo de jogadores e convocou a comunidade a abraçar o Índio Capilé no Gauchão. “Eu, por ser de São Leopoldo, pode ter certeza que vou dar o meu melhor, vou tentar fazer o meu melhor. Estou feliz por estar de novo na minha casa”, garantiu. Confira a entrevista completa:

Jornal VS - No ano passado, tu fizeste uma das melhores temporadas da carreira, sendo protagonista no Brasil de Pelotas. O que tu trazes de lá?
Marcelo Pitol - Eu fiquei quase dois anos lá no Brasil, foi uma passagem muito boa. Reconheço o carinho que o torcedor tem por mim lá, e fico feliz por ter feito parte daquele grupo de jogadores. É um grupo que com certeza ficou marcado. Foi um excelente ano, fizemos um bom Gauchão, chegamos na final, e na Série B conseguimos o principal objetivo do clube, que era se manter.

Pitol começou nas escolinhas do Aimoré e participou do último título do clube capilé

VS - O que representa para ti o retorno ao Aimoré, jogando novamente em São Leopoldo e no clube onde tudo começou?
Pitol - Eu sou de são leopoldo, estou por aqui, e no mês de dezembro inteiro fiquei em casa, não dei ênfase a nada, queria ficar em casa descansando, porque os últimos dois anos foram bem estressantes, com uma rotina de jogos muito forte. O pessoal do Aimoré me procurou, eu fiz um tratamento no meu ombro, e agradeço a eles. Fiz tratamento no meu ombro esquerdo, tive que tratar bastante, agora estou voltando, pessoal está me disponibilizando tudo e estou retornando à casa. Estou bem, querendo muito fazer um grande campeonato com todos. O Aimoré tem jogadores de um nível muito bom, isso aí também fez eu vir pra cá, sei que tem condições de a gente fazer um grande campeonato, e eu por ser de São Leopoldo pode ter certeza que vou dar o meu melhor, vou tentar fazer o meu melhor. Estou feliz por estar de novo na minha casa.

VS - Aos 36 anos, tu és o jogador mais experiente do grupo, e a gente já percebeu que tu orientas bastante os jogadores dentro de campo. Como essa experiência pode ajudar o clube?
Pitol - Existem jogadores mais novos, mas com certeza a responsabilidade é de todos. Não interessa se é novo ou velho. No futebol eu aprendi que a gente, quando é mais velho, tem que ter influência positiva. Todo mundo no mesmo pensamento, de fazer um grande campeonato. Tem jogadores experientes aqui também, como o Diguinho, Toto, Gian, jogadores já rodados. Vamos unir todo mundo, fazer um grande campeonato. A cobrança tem que existir. Professor Gelson cobra, e a gente tem que melhorar, sim. Estamos no caminho certo.

VS - Depois de duas temporadas na Divisão de Acesso, o Aimoré está de volta à elite do futebol gaúcho. Que recado tu deixas para a torcida e para os leopoldenses, como tu?
Pitol - O Aimoré, continuando no Gauchão, é bom pra todo mundo. É bom pra São Leopoldo, o porque o torcedor vai estar feliz, vai ser bom pra imprensa, bom pra patrocinadores, bom pra cidade. É todo mundo correndo no mesmo objetivo, pensando positivo, no mesmo caminho, que as coisas vão acontecer. Tem que ter muito trabalho e esperança também. Da minha parte, vou fazer de tudo, o melhor possível, para fazer um grande campeonato para gente continuar na Série A e também brigar na parte de cima, por que não? O Aimoré no Gauchão é importante para São Leopoldo inteira. Vamos fazer um grande campeonato juntamente com a torcida.

Títulos

Ypiranga de Erechim
Campeonato do Interior 2009

Icasa
Campeonato Cearense - 2ª Divisão 2010

Aimoré
Campeonato Gaúcho - 3ª Divisão 2012

Caxias
Campeonato Gaúcho - Divisão de Acesso 2016

Brasil de Pelotas
Copa Centenária FGF 2018

Clubes

2019 Aimoré
2018 Brasil de Pelotas
2017 Brasil de Pelotas e Caxias
2016 Caxias
2015 Caxias e Aimoré
2014 Sampaio Corrêa, Aimoré, Glória e Novo Hamburgo
2013 Vila Nova e São José
2012 Aimoré e Itumbiara
2011 Icasa e São Bernardo
2010 Icasa e Ypiranga
2009 Ypiranga-RS
2008 Joinville
2007 Icasa, Joinville e Santa Cruz-RS
2006 Náutico
2005 Náutico e Brasil de Pelotas
2004 Juventude e 15 de Novembro
2003 Grêmio
2002 Grêmio

*Fonte: Portal O Gol



  • Leopoldense Marcelo Pitol está de volta ao Cristo Rei
    Foto: Digue Cardoso/Aimoré/Divulgação
  • Pitol começou nas escolinhas do Aimoré e participou do último título do clube capilé
    Foto: Digue Cardoso/Aimoré/Divulgação

Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS