Publicidade
Opinião | Thiago Padilha Política

Vereadores aprovam projeto que autoriza sepultamento pet nos cemitérios de São Leopoldo

Os estabelecimentos terão 60 dias, a partir da regulamentação da lei, para se adequar

Última atualização: 07.07.2019 às 19:59

Por unanimidade, os vereadores de São Leopoldo aprovaram, em segunda votação, o projeto de lei que autoriza os sepultamentos de animais domésticos nos cemitérios do Município, tanto públicos, quanto privados. Pode ser em campas, jazigos ou gavetas, mas os tutores precisam apresentar atestados e laudos que comprovem que a causa da morte não é associada a nenhum tipo de enfermidade transmissível ao ser humano. Os estabelecimentos terão 60 dias, a partir da regulamentação da lei, para se adequar. O texto seguiu para sanção do prefeito Ary Vanazzi (PT).

 

Respeito ao vínculo

"A principal ideia é respeitar o vínculo que existe hoje, onde gatos e cachorros são tidos como membros das famílias", diz Galperim (foto). Isso também evita que os animais sejam descartados em terrenos baldios.

Unidos pelo Parque

O vereador Dudu Moraes (PT) participou de reunião com moradores da Vicentina para tratar do descarte irregular de lixo perto do Parque do Trabalhador. Com isso, decidiram criar o grupo Unidos pelo Parque para lutar por melhorias.

Consciência ambiental

Foi aprovado por unanimidade projeto de lei que permite a instalação de lixeiras por entidades privadas e entidades em Esteio. A proposta do vereador Euclides Castro (PP - foto) institui o programa Adote Uma Lixeira, reforçando a consciência ambiental na cidade.

Saúde e BR-448

Em Portão, o presidente do Legislativo, Diego Martins (MDB), anunciou a reedição da Comissão Especial de Saúde, com o objetivo de acompanhar de perto os serviços públicos prestados nesta área, no município, atendendo a uma proposição do vereador José Volmar Wogt (PDT). Também será retomada a comissão temporária para acompanhamento da continuidade da obra da BR-448 até Portão.

Registros

Foi aprovada a entrega do título de Cidadã Leopoldense a Sônia Eleni Corrêa, que já presidiu a Associação Vida Nova. l A proposição é do Perci Pereira.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.