Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Esportes

Brunão, do Crows de Sapucaia, está na seleção brasileira de softbol

Bruno joga há dez anos, integra o Crows, de Sapucaia e também participa de competições pelo São José, em São Paulo
14/05/2019 03:00 14/05/2019 08:22

-

Foto por:
Descrição da foto:
A pluralidade brasileira é acompanhada na cultura local e também via imigrantes que passaram a povoar determinadas áreas. O mesmo ocorre na área esportiva, que tem maior destaque em determinadas categorias. Para alguns, pode ser novidade, mas em Sapucaia do Sul, há um clube que disputa competições de softbol, o Crows. Essa equipe conta com o arremessador Bruno Fischer Neto, o Brunão, 29 anos, que é um dos 17 convocados para a seleção que representará o País no Sul-americano do esporte que se assemelha ao basebol e é levado adiante, no Rio Grande do Sul, pela forte influência das colônias japonesas. Com grande força em Gravataí, os arremessos e movimentos que exigem grande performance física se expandem e, muito pelo que tem feito Brunão, arrecada, gradualmente, mais adeptos ao peculiar esporte.

O atleta de Sapucaia do Sul conta a respeito da chegada do crescimento do esporte na região. Bruno joga há dez anos, integra o Crows, de Sapucaia e também participa de competições pelo São José, em São Paulo. A convocação é comemorada pelo atleta neste início de seleção, que no País só existe há três anos. "Participei da seletiva em maio. Eles consideram as performances da taça (competição nacional). São dez anos já jogando. Como fui jogar pelo São José, que participa da taça Brasil e campeonato brasileiro, fui evoluindo", relembra o empresário, que vê seu lazer crescer no decorrer dos últimos anos.

Durante a seletiva, o jogador se viu frente a evoluídos atletas de outros Estados. "Foi muito legal. Aqui a gente está acostumado a jogos bem amadores. Mas lá é só cara top. Tu arremessas e não tem aquele peso. A bola volta e os caras pegam. Fora do Brasil é maior ainda. O cara vai participando e evoluindo, que é o mais importante", reitera Brunão, que ainda não sabe a data em que debutará pela seleção.

A confederação organizadora ainda não definiu o campeonato que poderá ser disputado no Panamá, Equador, Estados Unidos ou Argentina.

Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS