Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Gre-Nal

Portaluppi encaminha o Tricolor e deve ter força máxima no clássico

Confronto ocorre neste domingo, às 19 horas, na Arena, pela 10ª rodada do Gauchão
15/03/2019 20:57

-

Foto por: Lucas Uebel/GRÊMIO
Descrição da foto: Além de Marinho, Michel também voltou a trabalhar nesta sexta-feira
O Grêmio deve ter força total para enfrentar o Inter neste domingo, às 19 horas, na Arena, no clássico Gre-Nal 418, válido pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. Embora o confronto não tenha caráter decisivo, o duelo ganhou maior peso após o revés tricolor no meio da semana diante do Libertad, em Porto Alegre, pela segunda partida da fase de grupos da Libertadores. O objetivo da diretoria gremista é dar uma resposta imediata à torcida e aos críticos.

Nesta sexta-feira, o técnico Renato Portaluppi comandou um treino com portões fechados e faz mistério quanto à escalação. Michel e Marinho, que não haviam treinado na quinta-feira, voltaram normalmente aos trabalhos e devem estar em campo neste domingo. O Grêmio deve enfrentar os reservas do Colorado com Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon, Marinho, Luan e Everton; Felipe Vizeu.

Em entrevista coletiva, Renato afirmou que não há favorito para o clássico, independentemente do momento vivido pelas equipes. "Ano passado mesmo havia dito que o Grêmio vivia um grande momento, mas nem por isso era o favorito. Hoje, o Grêmio está muito bem, o Inter está bem, mas continua não tendo favorito. Qualquer equipe pode vencer", projetou Portaluppi, que lidera a tabela de classificação com folga e ainda não sabe o que é perder nesta edição do Gauchão.

MUNDIAL 2021

Com a mudança na disputa do Mundial de Clubes a cada quatro anos, a Conmebol quer ver o Tricolor na primeira edição em 2021 no novo formato da competição. A entidade objetiva que os campeões de 2017 a 2020 integrem o certame, que deverá ter 24 clubes. Ainda não há a oficialização e, por conta disto, a direção gremista adota cautela até a definição da Conmebol.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS