Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Represálias a taxas

China subirá tarifas sobre 60 bilhões de dólares de produtos dos EUA

Medida é resposta às sobretaxas impostas pelos Estados Unidos a produtos chineses
13/05/2019 11:22

-

Foto por: Greg Baker/AFP
Descrição da foto: O presidente da China, Xi Jinping
A China anunciou nesta segunda-feira que aumentará suas tarifas alfandegárias a partir de 1º de junho sobre produtos americanos, com um total de 60 bilhões de dólares em importações anuais, em retaliação às medidas tomadas pela administração Trump.

As tarifas alfandegárias aumentarão em um conjunto de produtos dos Estados Unidos já tributados, a uma taxa máxima de 25%, anunciou o Escritório da Comissão de Tarifas do governo chinês em seu site.

O presidente dos Estados Unidos aprovou na sexta-feira aumentar, como medida punitiva, de 10% a 25% as tarifas sobre produtos chineses, que representam um total de 200 bilhões de dólares.

Mais cedo, Donald Trump aconselhou à China que não faça retaliações às as tarifas impostas pelos Estados Unidos, considerando que uma escalada desta guerra comercial entre Pequim e Washington "só piorará as coisas".

"A China se aproveitou dos Estados Unidos por tantos anos que está muito à frente (nossos presidentes não fizeram o trabalho.) Portanto, a China não deve retaliar, isso só vai piorar as coisas!", tuitou o presidente.

Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS