Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Latrocínio em Estância

Em coletiva, Polícia Civil confirma identidade de dupla foragida por morte de pai e filho

Cúpula da instituição divulgou fotos do hamburguense e do lepoldense procurados
22/04/2019 14:41 22/04/2019 15:06

-

Foto por: Juarez Machado/GES
Descrição da foto: Delegado de Estância Velha, Márcio Niederauer, diretora do Departamento de Polícia Metropolitana, delegada Adriana Regina da Costa, chefe de Polícia no Estado, delegada Nadine Anflor, e o diretor da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Eduardo Hartz
Em coletiva à imprensa no Palácio da Polícia, em Porto Alegre, para falar do latrocínio (roubo com morte) de pai e filho em Estância Velha, na manhã desta segunda-feira (22), a cúpula da instituição confirmou as informações publicadas com exclusividade pelo jornalista Silvio Milani, do Jornal NH, na edição impressa e digital desta segunda. Expôs as fotos do hamburguense Davi dos Santos Mello, 20 anos, e do comparsa, o leopoldense Rafael dos Santos Domingues, 19, que estão preventivas com decretadas pelo ataque à Ótica Elaine, no último dia 10.

Participaram da coletiva a chefe de Polícia no Estado, delegada Nadine Anflor, a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana, delegada Adriana Regina da Costa, o diretor da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Eduardo Hartz, e o delegado de Estância Velha, Márcio Niederauer. Os delegados frisaram que a investigação prossegue no sentido de prender os indiciados e também para identificar outros possíveis envolvidos.

Rafael Santos Domingues

De acordo com a investigação, Davi dos Santos Mello, 20 anos, já condenado por roubo à mão armada, e o amigo Rafael dos Santos, 19, também com antecedentes criminais, teriam fugido para o litoral.Na busca pelos criminosos, a Polícia Civil montou uma força-tarefa denominada Operação Inquietação.

Em poucos dias, foram recebidas mais de cem denúncias sobre possíveis envolvidos no crime, de acordo com o delegado Eduardo Hartz. A força-tarefa reuniu quatro delegados e 15 Agentes de Polícia do Vale dos Sinos. A Polícia liberou o número 3561-1110 para que a população possa repassar informações sobre o paradeiros dos criminosos.

Davi dos Santos Mello

A Polícia concluiu que os dois criminosos atiraram em Leomar Canova, 59 anos, e Luís Fernando Canova, 35 anos, durante o assalto à ótica da família. A dupla fugiu, levando R$ 350 mil em joias.A prisão preventiva dos dois foi decretada na última sexta-feira (19). Na semana passada foram feitas várias buscas pelos suspeitos, principalmente no Vale do Sinos, mas os dois não foram localizados.


Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS