Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Drenagem

Alagamento histórico perto do fim na RS-240, no bairro Scharlau

Nova rede pluvial que está sendo instalada pela Prefeitura vai solucionar problema crônico nas margens da rodovia
12/06/2019 20:42 13/06/2019 10:06

-

Foto por: Diego da Rosa/GES
Descrição da foto: CONSERTO: trabalhos devem ser concluídos em 40 dias

A cada chuva forte, o problema se repetia nas imediações da RS-240, no bairro Scharlau: a Rua Cruzeiro do Sul ficava alagada, o acesso aos estabelecimentos comerciais se tornava intransitável e os moradores ficavam ilhados. Considerada um problema crônico na região, a obstrução da rede pluvial está com os dias contados: desde a semana passada, a Prefeitura está instalando uma nova rede no local, que vai da esquina com a Rua Barão do Rio Branco até a esquina com a Rua Albino Seger.

De acordo com o titular da Secretaria de Obras e Viação (Semov), Geraldo Passos, a instalação vai custar aproximadamente R$ 500 mil, e é um investimento de recursos próprios da Prefeitura. A obra consiste na limpeza das bocas de lobo, instalação de caixas de contenção de água, às quais as bocas de lobo serão conectadas, e uma nova rede de tubualção. O conserto integra um programa da Prefeitura que pretende solucionar alagamentos históricos em nove pontos da cidade, com um investimento total de R$ 7 milhões. A obra começou na semana passada, e deve ser concluída dentro de 40 dias, de acordo com Passos.

OBSTRUÇÃO

"Aquilo ali é um velho problema, a água desce da Scharlau Alta, e a drenagem estava toda obstruída na frente daquelas lojas. Tem a parte de calçamento, brita, areia, e isso tudo foi entrando nos canos. É um velho problema de entupimento, que se agravou nos últimos anos com a colocação de postes. A rede está toda comprometida", analisa Passos. Segundo ele, a antiga rede não foi removida do local, e a nova tubulação está sendo instalada ao lado da rede entupida. "Uma parte dessa tubulação passa até embaixo da passarela, não tem como mexer na rede velha. Estamos fazendo tudo novo", ressalta.

Taxista há 30 anos no ponto de táxi da Rua Barão do Rio Branco, Paulo Rogério do Nascimento, 56 anos, é uma testemunha dos alagamentos, que se agravaram nos últimos anos. "Antigamente, quando chovia, alagava até dentro da casinha dos táxis. Quando botaram os postes, piorou, porque perfuraram a tubulação, e aí começou a entupir tudo. Agora vai melhorar, com certeza. Todo mundo vai perceber isso. É ótimo", comemora.

Comerciantes vão pagar pelo calçamento

Além de solucionar o problema do alagamento, a obra vai acabar com um outro dilema recorrente nas imediações da RS-240: o acesso irregular aos estabelecimentos comerciais posicionados na margem da rodovia. Para isso, a Prefeitura fará a instalação da rede de drenagem e compactação do solo, enquanto cada comerciante vai pagar pelo calçamento em frente às lojas. O objetivo é deixar o acesso padronizado com blocos de concreto intertravados.

Foto por: Diego da Rosa/GES
Descrição da foto: Investimento da Prefeitura próximo de R$ 500 mil

Alívio

Gerente de um atacado de itens diversos localizado próximo à esquina com a Rua Cruzeiro do Sul, Alexandre Capelani, 32 anos, se diz aliviado com a execução das obras. "Além de entupir, alagava tudo aqui na frente, e tinha esse problema do barro, dos buracos, da poeira. Entrava na loja, era um caos. Agora com certeza vai facilitar pra todo mundo. Cada um vai pagar a sua parte", diz.

Já a vendedora Gilvane de Oliveira, 52, que trabalha em uma loja de colchões na frente da qual as máquinas escavavam ontem, diz que o calçamento vai trazer benefícios para todos. "Quando chovia, eu precisava entrar na loja sem calçados, para não molhar. A obra gera um incômodo temporário, mas, quando tudo ficar pronto, vai ficar ótimo. É um problema muito antigo aqui na Scharlau", comenta.

Paradas de ônibus ainda geram reclamações dos usuários

Se a instalação de uma nova rede de drenagem promete acabar com o problema crônico dos alagamentos nas imediações da RS-240, as paradas de ônibus ao longo da rodovia ainda são criticadas pelos usuários do transporte público. Moradora de Novo Hamburgo, a empregada doméstica Rosalina Leite, 54 anos, espera pelo ônibus todos os dias no local, e reclama das condições nos dias chuvosos. "A parada tá muito velha e é toda aberta. Aí, quando chove, fica acumulado aqui na frente. Prejudica bastante, porque tu tem que ficar atrás, e corre o risco de até perder o ônibus porque não vê ele vindo", queixa-se.

Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS