Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Peso no bolso

Valor de pauta para ICMS da gasolina sobe R$ 0,10, e litro pode ficar mais caro na bomba

Valor será atualizado de R$ 4,6863 para R$ 4,7854
13/05/2019 11:12 13/05/2019 14:58

-

Foto por: Inezio Machado/GES
Descrição da foto: Gasolina vai ficar mais cara nos próximos dias

A gasolina deve ficar mais cara nos próximos dias. Isso porque, além da sequência de alta do preço do petróleo no mercado internacional, a partir desta quinta-feira (16) entram em vigor os novos preços de combustíveis para fins de tributação do ICMS no Estado. A gasolina comum terá elevação de 10 centavos. No início do mês, já havia subido oito centavos. O chamado valor de pauta sobe agora para R$ 4,78. 

O novo preço a ser utilizado para tributação da gasolina será atualizado de R$ 4,6863 para R$ 4,7854. A informação é do Sulpetro, sindicato que representa os postos do Rio Grande do Sul. 

A média, entretanto, ainda não atingiu o pico mais alto de preço. Registrado em outubro do ano passado, pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP) apontou média de R$ 4,953 no litro da gasolina em postos do Rio Grande do Sul.

Os valores são obtidos por meio de pesquisa realizada pela Receita Estadual a cada 15 dias. As verificações foram feitas em postos de combustíveis de mais de 490 municípios gaúchos, considerando as notas fiscais emitidas a consumidores. O efeito é cascata. Se sobe na bomba, tende aumentar o ICMS e, por consequência, novamente aumenta na bomba. 

Os combustíveis são tributados pelo regime de Substituição Tributária, sistemática em que os contribuintes que estão no início da cadeia de circulação dos combustíveis (refinarias ou distribuidoras) são os responsáveis pelo recolhimento do ICMS dos demais contribuintes que se interpõem entre eles e os consumidores finais.

Jornal VS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS