Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | Gente ETERNIZADO

Paulo Gustavo é homenageado com estátuas em Niterói

Inauguração ocorreu durante a comemoração de 448 anos da cidade

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 23.11.2021 às 12:38

Niterói ganhou duas estátuas em homenagem a Paulo Gustavo nesta segunda-feira (22). A inauguração é uma comemoração aos 448 anos da cidade. Um dos monumentos retrata o próprio ator e o outro é de seu personagem mais famoso, a Dona Hermínia, protagonista da série de filmes Minha Mãe é Uma Peça.

Paulo Gustavo é homenageado com estátuas em Niterói
Paulo Gustavo é homenageado com estátuas em Niterói Foto: Prefeitura de Niterói/Reprodução
As obras são feitas em bronze e assinadas pela artista Jo Grassini. Ambas ficarão no Campo de São Bento, principal jardim público da cidade. As estátuas de Paulo Gustavo no Campo de São Bento têm a marca da acessibilidade e são o primeiro monumento sensorizado do Brasil. Os portadores de deficiência visual poderão, ao acessarem o QR code, ouvir as informações sobre as estátuas pela audiodescrição enquanto tocam o monumento.

O evento contou com a presença de Dea Lúcia Amaral, mãe de Paulo Gustavo. Muito emocionada com as estátuas, que ainda não tinha visto, ela disse que o filho amava Niterói e que fez questão de ambientar os filmes da trilogia Minha mãe é uma peça na cidade onde nasceu. 

Déa Lúcia disse que vai escrever e gravar para os netos a história de Paulo Gustavo.“Vou falar de toda essa relação de Niterói com o pai deles. É um caso de amor. Vou contar a importância do pai, tudo que ele fez, tudo que eu fiz para o pai ser o homem que ele era. Vou explicar pra eles por que dona Hermínia está na estátua. Só tenho a agradecer a Niterói por esse carinho”, afirmou.

O médico dermatologista Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, declarou que aprendeu muito com o amor do ator por Niterói. Ele enfatizou que a homenagem é muito bonita e simbólica.

“O Paulo tinha um amor muito especial por Niterói. Ele era um defensor da cidade natal. Nossa história passa muito por Niterói. Esse amor agora foi eternizado. Tanto nos filmes dele, que retratam o orgulho que ele tinha da cidade, quanto agora com as estátuas aqui no Campo de São Bento”, disse Bretas.

Nascido em Niterói, Paulo Gustavo morreu em maio deste ano, aos 42 anos, por complicações da Covid-19.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.