Publicidade
Cotidiano | Tecnologia Na palma da mão

Saiba o que acontecerá com usuários do WhatsApp que não aceitarem a nova política de privacidade

A mudança passou a ser comunicada no início deste ano e está prevista para entrar em vigor em maio deste ano

Publicado em: 23.02.2021 às 19:48

WhatsApp Foto: AFP

Usuários do WhatsApp devem ter atenção para as novas políticas de privacidade divulgadas nesta semana. A nova medida vai restrigir o envio e leitura de mensagens para aqueles que não concordarem com os novos termos até a data de vigência. 

A política está prevista para entrar em vigor no dia 15 de maio.

Por outro lado, essas pessoas ainda poderão receber ligações e notificações "por um breve período", mas não há detalhes de quanto tempo isso valerá. Conforme o G1, a conta não será apagada.

Além disso, os usuários ainda poderão concordar com a política após a data, de acordo com uma página de suporte.

A mudança na política de privacidade passou a ser comunicada no início deste ano, prevendo o compartilhamento de novos dados com o Facebook, dono do app. Os termos prevêem que dados gerados com contas comerciais como as de lojas que atendem pelo WhatsApp, poderão ser utilizados pelas empresas para direcionar anúncios no Facebook e no Instagram.

Embora o WhatsApp afirme que as novidades estão centradas em interações com empresas, o novo texto indica a coleta de informações que não estavam presentes na versão anterior do documento.

Entre elas: carga da bateria, operadora de celular, força do sinal da operadora e identificadores do Facebook, Messenger e Instagram que permitem cruzar dados de um mesmo usuário nas três plataformas. 

A companhia afirma, também, que todas as mensagens serão criptografadas de ponta a ponta, e que apenas o remetente e o destinatário poderão vê-las.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.