Publicidade
Esportes Jogão

Pochettino exalta confronto entre PSG e Barcelona: 'É uma partida especial'

O atual vice da Liga dos Campeões entra em campo nesta terça-feira (16), pelas oitavas de final do torneio, diante do Barcelona, no Camp Nou

Publicado em: 15.02.2021 às 18:11

Técnico argentino, Pochettino, projeta duelo válido pela Liga dos Campeões Foto: PSG/Divulgação

Ainda disputando seus primeiros jogos à frente do Paris Saint-Germain, Mauricio Pochettino já tem pela frente um dos mais importantes compromissos da temporada. O técnico argentino, entretanto, mostra mais empolgação do que nervosismo para a missão. O atual vice da Liga dos Campeões entra em campo nesta terça-feira (16), pelas oitavas de final do torneio, diante do Barcelona, no Camp Nou.

"É uma partida especial", destacou o treinador. "Quando fechei com o PSG há 40 dias, já comecei a sentir que este compromisso pela Liga dos Campeões será uma partida importante", completou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (15), véspera do tão aguardado duelo. "Dá para sentir a emoção em todos no clube. Para o PSG, é um objetivo óbvio conquistar a Liga dos Campeões e entendemos esta responsabilidade", acrescentou Pochettino.

O clube francês terá pela frente um difícil desafio se quiser levantar a inédita taça. Para começar o duelo com vantagem, deve vencer o Barcelona na Espanha, algo nunca feito na história de confrontos entre as equipes.

Além de encerrar o incômodo tabu, tem também de deixar o passado para trás. O PSG tem uma marca indigesta contra o rival catalão. Em 2017, o clube francês foi eliminado da principal competição europeia ao sofrer um 6 a 1 no jogo de volta, com Neymar, hoje no time, liderando os espanhóis. A situação foi ainda mais traumática porque o PSG venceu o jogo da ida das oitavas de final por 4 a 0 e tinha encaminhado a classificação.

"É uma realidade diferente, com um grupo diferente", comparou Pochettino. "O que ficou para trás, está lá trás, e não se pode apagar. O que temos de fazer é construir um futuro melhor", completou o comandante. "O objetivo para todo o clube, ao passo que este é uma meta para todos nós."

Para a partida decisiva, Pochettino não terá Neymar, machucado. Com isso, a responsabilidade sobre reger o time do Paris Saint-Germain recairá sobre Kylian Mbappé. A partida está marcada para as 17 horas (de Brasília) desta terça-feira (16).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.