Publicidade
Esportes Esportes

Número 1 do mundo, Ashleigh Barty cai na 3ª rodada no US Open

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 04.09.2021 às 23:54

A australiana Ashleigh Barty protagonizou na noite deste sábado a maior zebra do US Open até agora. A número 1 do mundo foi surpreendida pela local Shelby Rogers, atual 43ª do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 1/6 e 7/6 (7/5), em 2h08min de duelo. Com o resultado, a grande favorita ao título na chave feminina se despediu ainda na terceira rodada do último Grand Slam do ano, disputado em Nova York.

Ao fim da partida, a tenista da casa agradeceu o apoio do público, que lotou a Arthur Ashe Stadium, a quadra central do complexo, para torcer pela americana. "O público estava em outro nível nesta noite. Vocês escolhem quem vocês querem para torcer. Então, obrigado por terem me escolhido hoje", disse a tenista dos Estados Unidos.

Barty era a franca favorita não somente por liderar o ranking. Foi o quinto jogo entre as duas tenistas neste ano. E a australiana venceu os quatro anteriores. Neste sábado, ela chegou a sacar duas vezes para fechar o jogo no terceiro set. Mas Rogers surpreendeu ao crescer na reta final da partida, principalmente pelo apoio da torcida.

Agora ela tenta repetir sua melhor campanha no US Open, obtida no ano passado, quando alcançou as quartas de final. Para tanto, terá que superar a britânica Emma Raducanu, de 18 anos. Sensação em Wimbledon, quando alcançou as oitavas de final, ela veio do qualifying no US Open e neste sábado atropelou a espanhola Sara Sorribes Tormo por 6/0 e 6/1.

Outra a alcançar as oitavas de final neste sábado foi a checa Karolina Pliskova. A quarta cabeça de chave do torneio superou a australiana Ajla Tomljanovic por 6/3 e 6/2, com seus incríveis 20 aces. Sua próxima adversária vai sair do duelo russo entre Anastasia Pavlyuchenkova e Varvara Gracheva.

Na chave masculina, um americano também surpreendeu. Jenson Brooksby desbancou o russo Aslan Karatsev, semifinalista no Aberto da Austrália, por 6/2, 3/6, 2/6, 6/3 e 6/3. E será o próximo rival do sérvio Novak Djokovic, nas oitavas de final.

Também avançaram o italiano Jannik Sinner, o sul-africano Lloyd Harris e o local Reilly Opelka. A vitória foi inesperada foi a de Sinner sobre o experiente francês Gael Monfils em cinco sets: 7/6 (7/1), 6/2, 4/6, 4/6 e 6/4. Harris, por sua vez despachou o canadense Denis Shapovalov, uma das apostas da nova geração, por triplo 6/4.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.