Publicidade
Botão de Assistente virtual
Esportes Esportes

Diante de 70 mil espectadores, Usyk derrota Joshua e é o novo campeão dos pesados

Por Wilson Baldini Jr.
Publicado em: 25.09.2021 às 20:27

Inteligente, tático e valente. Em uma atuação espetacular, o ucraniano Oleksandr Usyk conquistou os títulos mundiais da Associação Mundial de Boxe (AMB), Federação Internacional de Boxe (FIB) e Organização Mundial de Boxe (OMB), neste sábado, em Londres, diante do britânico Anthony Joshua, por pontos, em decisão unânime dos jurados, após 12 assaltos: 117 a 112, 116 a 111 e 115 a 113.

Segundo o empresário Eddie Hearn, está prevista uma revanche imediata, que poderá ser na Ucrânia, mais precisamente em Kiev, cujo prefeito é Vitaly Klitscho, ex-campeão mundial dos pesados.

O invicto Usyk, de 34 anos, ex-dono de todos os títulos entre os cruzadores, soma agora 19 vitórias, com 13 nocautes, enquanto que Joshua, de 31, soma 26 lutas, com 24 vitórias (22 nocautes) e duas derrotas.

O duelo no estádio do Tottenham, diante de 70 mil espectadores, começou com muito estudo por parte do dois lutadores. Rápido, apesar dos 100 quilos de peso, Usyk foi mais impetuoso e dominou os três primeiros assaltos, quando acertou boas sequências. A partir do quarto round, Joshua passou a usar mais os jabs, levou o rival para as cordas e até abriu um corte abaixo do olho direito do adversário.

O campeão equilibrou a disputa, mas voltou a ser superado a partir do sétimo assalto, quando o desafiante surpreendeu com ao buscar o ataque e atingir várias vezes o lado direito do rosto do rival. No último assalto faltou força e fôlego para Usyk obter o nocaute.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.