Publicidade
Botão de Assistente virtual
Esportes Esportes

Levantamento de pesos do Brasil faz avaliação positiva de 2021: 'Melhor ano'

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 03.01.2022 às 15:07

A histórica temporada 2021 do levantamento de pesos no Brasil chegou ao fim. Nunca a modalidade esteve tão presente em pódios de tantos eventos importantes quanto neste ano. E com um dado ainda mais relevante na avaliação: uma nova geração que surgiu com força total e promete brigar por conquistas ainda maiores nesta década.

Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos (CBLP), Enrique Montero Dias, 2021 começou novamente desafiador por conta da pandemia de covid-19, com cancelamentos e adiamentos de eventos e necessidade de replanejamentos. Havia dúvidas até sobre a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e os brasileiros encontraram muitas dificuldades para comparecerem a alguns eventos.

"Os desafios de logísticas foram gigantes, mas conseguimos proporcionar a melhor forma de participação dos atletas. Apesar das dificuldades, foi compensador sabermos que fizemos tudo a contento", ressaltou Montero Dias, lembrando o grande resultado obtido na parte administrativa. "Pudemos comemorar o bom trabalho de governança e transparência, no qual obtivemos, no final do ano, a primeira colocação no ranking de prestação de contas dos recursos recebidos pela Lei das Loterias".

O reflexo do bom trabalho fora das plataformas parece ter se refletido em resultados. "Tivemos o melhor ano da história do levantamento de pesos", definiu o dirigente. Uma nova geração passou a fazer parte do noticiário. Nomes como Laura Amaro, Amanda Schott e Taiane Justino passaram a frequentar pódios mundiais no adulto e nas categorias de base.

"Obtivemos diversos feitos inéditos. Conseguimos medalhas em todos os Campeonatos Mundiais que participamos, base e adulto. E nesses eventos, atletas obtiveram resultados e medalhas inéditas para o Brasil. Esses resultados esportivos nos mostram que estamos no caminho certo, no qual podemos comemorar que nos últimos seis anos obtivemos quase 20 medalhas mundiais", finalizou Montero Dias.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.