Publicidade
Botão de Assistente virtual
Esportes Esportes

Seleção masculina de handebol bate o Chile e pega Uruguai pela semi do Sul-Centro

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 28.01.2022 às 09:30

O Brasil venceu o Chile por 31 a 22, na noite de quinta-feira, pela terceira e última rodada da fase de grupos do Torneio Sul-Centro de Handebol Masculino, e se classificou em primeiro lugar, de forma invicta, para as semifinais da competição. Foram três vitórias em três jogos contra Paraguai (46 a 19), Costa Rica (49 a 13) e chilenos. Agora a seleção vai em busca da vaga na final contra o Uruguai, nesta sexta-feira, às 20 horas, novamente no ginásio Geraldão, no Recife.

O confronto contra o Chile foi marcado por dois tempos distintos. Na primeira etapa, os chilenos dificultaram ao máximo o jogo do Brasil, que se manteve focado e buscando o gol adversário em todo tempo. A tática da equipe visitante foi a mesma do último Pré-Olímpico: marcar forte e explorar a qualidade de Salinas e Feuchtmann. A tática até deu certo em alguns momentos, mas o que eles não esperavam era uma defesa consistente e uma noite inspirada do sistema ofensivo brasileiro.

Mesmo com um jogo duro, o Brasil conseguiu diversificar as jogadas de ataque e envolver os chilenos. Utilizando bastante os pontas e os pivôs, a seleção comandada pelo técnico Marcos Tatá conseguia chegar ao gol adversário. Outra arma brasileira foram os arremessos dos nove metros, principalmente com João Pedro, que marcou quatro vezes nos 30 minutos iniciais, e Haniel, com três gols. O pivô Rogério também marcou três vezes na etapa inicial.

O artilheiro brasileiro da partida foi Haniel, com cinco gols, seguido de João Pedro, Chiuffa, Rogério e Gustavo, cada um deles com quatro. O goleiro Bombom foi eleito o MVP (melhor jogador) da partida.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.