Publicidade
Botão de Assistente virtual
Esportes | Grêmio TRICOLOR

Grêmio encaminha rescisão de contrato com Douglas Costa

Atleta chegou a Porto Alegre em maio para a sua segunda passagem

Publicado em: 21.01.2022 às 14:18 Última atualização: 21.01.2022 às 20:28

A segunda passagem de Douglas Costa pelo Grêmio chega ao fim. E não foi nada perto do que o torcedor esperava, quando o atleta foi anunciado como a grande contratação do futebol nacional em 21 de maio. Rendimento abaixo do esperado em campo, polêmica com festa de casamento, rebaixamento no Brasileirão e, até, pedido de desculpas por meio de carta nas redes sociais e a promessa de permanecer no Tricolor para a disputa da Série B. Nada disso sustentou a permanência de Douglas na Arena.

Douglas Costa chegou ao Tricolor em maio de 2021
Douglas Costa chegou ao Tricolor em maio de 2021 Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Nesta sexta-feira (21), o atleta e o clube iniciaram detalhes burocráticos para a rescisão de contrato. Segundo o UOL, o meia-atacante já deixou a concentração e a pré-temporada do Tricolor e, agora, se prepara para assinar o fim do vínculo.

Ele sai de Porto Alegre por conta do contrato com um dos maiores salários do elenco gremista, além dos adicionais. O Grêmio tem como uma das metas para o ano de 2022, a redução da folha salarial após a queda para a segunda divisão.

A tendência é que o camisa 10 acerte com o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Ainda de acordo com o portal UOL, clube e atleta acertam a forma de pagamento dos valores relativos à temporada 2021. Douglas Costa teria salário fixo de cerca de R$ 800 mil, com gatilhos de desempenho que poderiam elevar o rendimento a R$ 1,5 milhão. O contrato do atleta prevê pagamento de luvas a cada seis meses. Em fevereiro de 2022, o Grêmio deveria pagar cerca de R$ 2,5 milhões ao jogador.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.